Anúncio

A Organização Mundial da Saúde, OMS, anunciou nesta segunda-feira (18) que o vício em videogames e jogos digitais está sendo oficialmente classificado como um “problema de saúde mental”.

A condição ganha o código 6C51 dentro da Classificação Internacional de Doenças. O sistema fornece um vocabulário comum para que médicos do mundo todo registrem, reportem e monitorem problemas de saúde.

Segundo a OMS, a pessoa que joga videogames ou jogos digitais de forma compulsiva não têm controle sobre o tempo que passa jogando e acaba dando prioridade à atividade.

O diagnóstico pode ser feito quando existem grandes danos à vida pessoal e social do paciente, que também tem sua performance no trabalho ou na escola prejudicada. Esse padrão precisa estar evidente por pelo menos 12 meses.

A OMS também decidiu tirar a incongruência de gênero da lista de problemas de saúde mental, pois “as evidências deixam claro que não se trata de um problema desse tipo, o que tem causado enorme estigma aos transgêneros”.

Leda Letra da ONU News

 

Anúncio

Deixe uma resposta