Foto: Agência Brasil
Anúncio

Mais um policial foi assassinado no Estado do Rio de Janeiro, totalizando 66 mortes violentas de agentes de segurança em 2018, sendo que 57 deles eram policiais militares, 3 eram policiais civis e um era policial federal, além de dois agentes penitenciários, dois militares do Exército e um guarda municipal.

A vítima mais recente foi o agente aposentado da Polícia Federal, Luís Carlos Dias, morto em uma tentativa de assalto na noite desta terça-feira (26), no Recreio dos Bandeirantes, zona oeste da capital fluminense.

De acordo com informações preliminares de policiais que atenderam a ocorrência, o agente foi abordado pelos assaltantes na Avenida Guignard, e teria se recusado a entregar os pertences por medo de ser identificado, já que sua carteira de policial estava junto com o telefone celular.

Dias então decidiu correr e os criminosos atiraram contra ele, que foi atingido nas costas. Mesmo baleada, a vítima ainda percorreu cerca de 200 metros para tentar buscar socorro, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na Rua Gustavo Corção. Os bandidos fugiram sem levar nada. O caso é investigado pela Delegacia de Homicídios da Capital.

Ícaro Matos da Rádio Agência Nacional

Anúncio

Deixe uma resposta