Reprodução
Anúncio

O médico da seleção brasileira, Rodrigo Lasmar, falou na zona mista do estádio do Spartak Moscou sobre a situação do lateral-esquerdo Marcelo. Ele disse que o início de tratamento foi animador, mas pediu cautela sobre o aproveitamento do jogador nas oitavas de final, segunda-feira (2), diante do México.

Rodrigo Lasmar informou que a dor nas costas que tirou Marcelo do jogo, nesta quarta-feira (27), pode ter sido causada pelo colchão do hotel em Moscou. “Talvez tenha relação com o colchão um pouco mais macio no hotel. Ele teve um mal jeito na coluna”.

“Está muito cedo para fazer qualquer precisão ainda. Ele respondeu muito bem ao tratamento e a fisioterapia, mas temos de aguardar talvez 24 horas para ter um diagnóstico. A nossa expectativa é boa, mas ainda é muito cedo para prever o que vai acontecer nos próximos dias”, disse Lasmar.

Marcelo foi substituído aos 8 minutos do primeiro tempo por Filipe Luís. O defensor levou as mãos às costas e se agachou após um ataque da Sérvia. Sentiu uma contratura na região lombar e foi direto para o vestiário na vitória brasileira por 2 a 0.

De acordo com Lasmar, o problema não tem relação por ser fim de temporada na Europa e nem por uma possível sobrecarga nos treinamentos.

Com informações do Globo Esporte.

Anúncio

Deixe uma resposta