Reprodução
Anúncio

Há quase duas semanas do assassinato do jovem Matheus Ferreira Leão, que chocou o município de Pindaí (BA) e a região, familiares e amigos estão organizando uma passeata no próximo sábado (18), com o objetivo de pedir justiça para que às autoridades possam descobrir a autoria do crime e, consequentemente punir os culpados. O protesto está programado para ocorrer às 8h, com concentração na Escola Estadual Petronílio da Silva Prado. Em seguida, os manifestantes irão percorrer as principais ruas e avenidas do centro da cidade. Uma das organizadoras disse ao Portal Vilson Nunes que a população não abre mão de justiça. “Queremos justiça. Ele não fazia mal a ninguém. Era um menino muito bom. Queremos justiça”, disse.

O CRIME

O jovem Matheus Ferreira Leão, de 18 anos de idade, foi encontrado morto na tarde do dia 6 de agosto de 2018, nas proximidades de um motel, na cidade de Pindaí (BA). De acordo com informações, a vítima foi morta por golpe de instrumento perfuro-cortante (arma branca tipo faca ou similar). Testemunhas disseram que Matheus saiu da casa da avó da sua namorada por volta das 18h40, dizendo que iria se encontrar com “uns meninos” para receber R$ 3.000,00 (três mil reais) referente a uma aposta. A vítima era responsável pelo recebimento de valores provenientes de aposta em aplicativo de celular. Até o momento ninguém foi preso.

O QUE DIZ À POLÍCIA

A nossa reportagem manteve contato com o delegado substituto de Pindaí, Dr. Giancarlo Giovane Soares, responsável pela investigação do homicídio. O policial informou que, até agora foram ouvidas diversas pessoas na condição de testemunhas. Ele esclareceu que, uma pessoa apontada como suspeita foi conduzida e interrogada. “Realizamos a apreensão de bens e objetos pessoais para realização de perícia. Ainda, neste momento, equipe de investigadores cedidos pela Coordenadoria já estão em campo visando obter elementos de informação sobre a autoria do crime”, manifestou.

Com Informações do Portal Vilson Nunes

Anúncio

Deixe uma resposta