Reprodução
Anúncio

As obras de contenção no Museu Nacional do Rio de Janeiro devem ser iniciadas nesta segunda-feira (10), uma semana depois do incêndio que destruiu quase 90% do acervo do equipamento. O prédio será cercado por tapumes. Para terça-feira (11), são aguardados os técnicos da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) que vão colaborar nos trabalhos.

De acordo com o jornal Estado de S. Paulo, o reitor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Roberto Leher, informou que a Unesco ofereceu especialistas com experiência em situações pós-tsunamis e outros desastres. Museólogos do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) e do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) também fazem parte do grupo.

Após a colocação dos tapumes, começam os trabalhos de contenção e outros procedimentos com o objetivo de manter a estrutura do palácio segura e facilitar as buscas em meio aos escombros. A expectativa é que, ainda nessa semana, o Ministério da Educação libere R$ 10 milhões para ações emergenciais na segurança do prédio.

Anúncio

Deixe uma resposta