Reprodução
Anúncio

Geovane Santos | Agência Sertão

O Centro Integrado de Saúde Bucal e o Centro de Controle de Natalidade Canina (CCNC) serão inaugurados no próximo dia 21 em Guanambi.

Segundo o secretário de Saúde de Guanambi, André Moitinho, o Centro Integrado de Saúde Bucal irá unificar sete consultórios odontológicos “com tudo que há de moderno e utilizado na Odontologia privada” em um só espaço. Serão três consultórios para Clínica Odontológica e quatro para Endodontia, Periodontia, Cirurgia Buco-Maxilo-Facial, Odontologia para Pacientes Especiais, e ainda a implantação Odontopediatria e Prótese.

O Centro Integrado atenderá de segunda a sexta-feira das 7h às 17h na rua Camerindo Neves, 39, Centro de Guanambi. Os atendimentos serão feitos a partir de agendamentos, para atendimentos convencionais. Para os pacientes com urgências Odontológicas, os horários serão estendidos das 18h às 22h.

Já o CCNC, segundo André Moitinho, pretende iniciar as atividades, “imediatamente”, após a inauguração. No último senso divulgado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em 2014, o Brasil possuía cerca de 30 milhões de animais abandonados no país. Destes, 20 milhões eram cachorros.

Em Guanambi a população canina ainda não é contabilizada, mas a presença dos animais sem tutores nas ruas apresentam uma recorrência. Em uma matéria produzida, em março deste ano, pela Agência Sertão a Coordenadora da Organização não governamental – ONG Unianjos, Thamyllis Moraes, relata que 5 mil animais foram encaminhados para adoção. Dentre eles – cães e gatos resgatados pela ONG, animais que viviam nas ruas e outros rejeitados pelos tutores.

A inauguração do CCNC estava prevista para o primeiro semestre deste ano, no entanto, as instalações não foram concluídas a tempo. Com a inauguração esperada para sexta-feira (21), o CCNC atenderá as demandas de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h. De acordo com o secretário, “apenas animais abandonados e recolhidos nas ruas de Guanambi serão capturados e conduzidos ao Centro”.

O CCNC fica às margens da BR-030, saída para Palmas de Monte Alto, onde funcionava o antigo canil e curral municipais. O espaço terá capacidade estimada para castração de 50 animais por mês, totalizando 600 por ano.

Anúncio

Deixe uma resposta