Anúncio

Joana Martins | Agência Sertão

Assim como ocorre em quase todas as eleições que o Partido dos Trabalhadores (PT) tem um bom desempenho no Nordeste, a região foi, mais uma vez, alvo de xenofobia nas redes sociais. Eleitores do candidato Jair Bolsonaro (PSL), que por pouco não foi eleito nesse domingo (7), fizeram agressões verbais que sugerem a separação ou até o extermínio do povo da região.

“Esses nordestinos têm que se fu(…) mesmo. Esses cabeçudos. Depois reclama da miséria e pobreza e não sabe o motivo”, disse um perfil. “Pelo amor de Deus, vamos separar o nordeste do resto do Brasil”, postou um usuário. “Campos de concentração para baianos já”, escreveu um outro perfil.

Há diferentes maneiras de denunciar xenofobia e ódio contra nordestinos, seja ele proferido verbalmente ou via internet. Uma delas é através da plataforma SaferNet, outra alternativa é denunciar diretamente no site do Ministério Público Federal. Como também  a denúncia pode ser feita pelo disque denúncia 100.

As mesmas ofensas  aconteceram na eleição de 2014. Eleitores mais radicais do PSDB chegaram a pedir a separação dos Estados que deram maioria a Aécio, enquanto petistas defendiam a expulsão dos opositores para Miami.

Anúncio

Deixe uma resposta