Lucas Ataíde
Anúncio

Tiago Marques | Agência Sertão

Começou nesta terça-feira (16), a II Semana de Ciência e Tecnologia de Guanambi (Secitec). A abertura oficial aconteceu no Instituto Federal Baiano – Campus Guanambi, até a próxima sexta-feira (19), várias atividades serão realizadas no evento. A II Secitec faz parte da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia e tem como tema “Ciência e Tecnologia para redução das desigualdades”.

A mesa de abertura foi composta pelo diretor-geral do Instituto Federal Baiano – Campus Guanambi, Carlito de Barros Filho, pelo pró-reitor de extensão e relações-públicas do Centro Universitário UniFG, Mauro César Ribeiro, pela secretária de Educação de Guanambi, Maristela Cavalcante, pelo representante da UNEB – Campus XII, Fabrício Lopes Rodrigues, pelo representante dos coordenadores de cursos e presidente da Comissão organizadora do evento no Campus Guanambi, George Dourado, pela representante da Coordenação de Extensão da UNIFG e Coordenadora do Observatório, Deborah Marques Pereira e pelo representante do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea) Regional Guanambi, Cristiano Meira.

Veja mais notícias sobre a Secitec

O pró-reitor da UniFG Mauro Ribeiro salientou a união das instituições e suas afinidades para a redução das desigualdades.  “Temos a grata satisfação de reunir nessa noite uma instituição federal, outra estadual e outra privada, todas com o mesmo objetivo, oferecer ensino de qualidade. Temos que nos abraçar, estamos falando de educação, e educação tem que ser acessíveis. Temos que pensar na redução das desigualdades com a melhoria da qualidade da educação, com o desenvolvimento regional e com oportunidades para todos”, pontou.

Carlito Barros, diretor do IF Baiano – Campus Guanambi, direcionou seu discurso aos estudantes, incentivando-os a aproveitar a tecnologia para melhorar a vida das pessoas. “Gostaria de aproveitar esse momento que vocês estão vivendo para incentiva-los a buscar o novo. O ensino superior proporciona a democratização da ciência e da tecnologia, aproveitem o conhecimento e retribuam para melhorar a sociedade em que vivemos”.

Professor Luciano Brito da Uesb – Foto: Lucas Ataíde

A palestra de abertura foi ministrada por Luciano Brito, professor titular da Universidade do Sudoeste da Bahia (Uesb), ele palestrou sobre o tema central da II Secitec. “Para reduzir as desigualdades através da ciência e da tecnologia são necessárias políticas publicas para diminuir a distância entre a universidade e a população. A universidade atua promovendo o acesso ao ensino e ao desenvolvimento de pesquisas., no entanto, é preciso envolver a comunidade nas atividades acadêmicas para que ela se sinta útil na construção do conhecimento. Da mesma forma, é preciso envolver também o setor produtivo e trazer suas demandas para construirmos soluções conjuntas. Se conseguirmos essa integração já estaremos reduzindo as desigualdades”, disse.

Veja como foi a abertura e a integra da palestra

A solenidade de abertura também teve apresentação musical do estudante do IF Baiano Rodrigo Muniz e dos artistas Taly Gaia e Fernando Dias, integrantes do Grupo Teatral Dobradores de Arte de Caetité.

Durante o dia, a programação de palestras e minicursos teve início pela manhã na Câmara dos Vereadores com palestras da área de Medicina Veterinária. No IF Baiano, a programação teve minicursos na áreas de Química e Tecnologia em Agroindústria.

Confira a programação desta quarta-feira (17), segundo dia de Secitec.

Fotos: Lucas Ataíde

Anúncio

Deixe uma resposta