Anúncio

Geovane Santos | Agência Sertão

Cerca de 40 ciclistas foram às ruas na manhã deste domingo (4) para disputarem a 6ª e última etapa da 3º Volta Ciclística de Guanambi – modalidade speed (plana). O evento, promovido pela ONG Regencial Ordem da Ilha de São Francisco do Sul – ROISFS, ocorreu na BA-573, rodovia que liga Guanambi a Matina. A competição contou com o apoio de patrocinadores, entre eles o Centro Universitário – UniFG.

A largada foi em frente ao Cemitério Jardim Juliana, e depois de percorrerem cerca de 72 Km, os atletas finalizaram a prova no mesmo local da largada. Após a conclusão, os cinco primeiros a cruzarem a linha de chegada subiram ao pódio, das categorias – masculino e feminino, receberam premiações e foi definida a classificação geral da competição disputada em 2018.

A volta ciclística de Guanambi utiliza o formato das provas internacionais, isso possibilita aos atletas, segundo a organização, conhecerem as regras que compõem o ciclismo de estrada, desenvolverem as técnicas específicas e reduzir custos com deslocamentos para treinarem em outras cidades.

As temperaturas elevadas e o calor de Guanambi não impediram o bom desempenho dos atletas. Apesar do desgaste, essa fase também proporcionou a quebra do recorde geral da competição. Marivaldo Andrade da equipe Nego Bike-AMA-14Bis que já havia batido o recorde e conquistado o primeiro lugar na etapa anterior, contra relógio individual, conquistou o 1º lugar com o tempo de 1h59’30”, o recorde era de 1h59’35”. Marivaldo é natural de Brumado, mas representou Guanambi no baiano de 2018, onde foi o campeão da categoria master.

Essa competição, de acordo com os organizadores e os ciclistas, propõe uma estrategia em equipe. Os atletas da categoria masculino se mantiveram o tempo todo em pelotão e as primeiras colocações só foram definidas no sprint final. Cerca de 17 atletas cruzaram a linha de chegada praticamente juntos, o que proporcionou mais emoção e disputa para prova. Do primeiro ao décimo colocado a diferença girou em torno de dez segundos.

A última etapa definiu as classificações – geral, por pontos, montanha e feminino – os primeiros colocados receberam como símbolo da conquista as camisas – vermelha, verde, azul e rosa respectivamente. As equipes recebem o tempo dos seus três melhores ciclistas de cada etapa, o que determinou a campeã na somatória. As campeãs foram Pró-Bike e Nego Bike-AMA-14Bis, feminino e masculino respectivamente.

Ana Maria, da equipe Pró-Bike e vencedora de todas as etapas da volta ciclística, subiu ao pódio e recebeu a camisa rosa representando a líder geral do feminino. Júlio César (Batatão), da equipe Nego Bike-AMA-14Bis, apesar de ter conquistado apenas o quinto lugar na prova, recebeu a camisa vermelha por ter alcançado as melhores colocações durante a competição. Batatão, além de ser o detentor do recorde anterior, também foi o maior pontuador, mas como recebeu a camisa vermelha a verde ficou para o segundo lugar. O segundo lugar teve um empate técnico entre Marivaldo Andrade e Márcio Leal da equipe UniFG-Brasmáquinas e a camisa Azul ficou com Igor Neto da equipe K Energy-UniFG.

Ana Maria falou como foi a preparação para competição e a sensação de receber a camisa rosa. “Na verdade, eu sempre me dedico em tudo que faço e graças ao meu bom Deus tudo vem dando certo. Não é fácil! Temos que fazer um sacrifício e tanto pra arrumar um tempinho pra tudo e com a ajuda do meu treinador Franklin Almeida e do fisioterapeuta Carlos Filho eu consegui o êxito. Foi uma alegria imensa em poder participar das 6 etapas da Volta Ciclista e conseguir vencer todas e ter o privilégio de ganhar a camisa rosa pelo segundo ano consecutivo”, comemora.

Júlio César também comemorou a conquista e relacionou o resultado ao bom desempenho da equipe. “O campeonato funciona com estratégias, e a estratégia da nossa equipe foi incentivar os atletas a trabalharem em equipe e quando conseguimos levá-la para primeira colocação no ranking ai sim a ênfase foi nos atletas. A equipe trabalhou com táticas, estudando o adversário no decorrer do campeonato, e graças a Deus conquistamos a primeira colocação, tanto com a equipe quanto individual”.

Confira as colocações da 6ª etapa, e as classificações finais – geral, pontos, montanha e feminino:

Anúncio

Deixe uma resposta