Geovane Santos | Agência Sertão
Anúncio

Geovane Santos | Agência Sertão

O programa Acelera Microcrédito, do Banco do Nordeste, em parceria com o Centro Universitário – UniFG e o Núcleo de Apoio de Saúde a Família (NASF), realizou na manhã desta quarta-feira (14), um evento, desenvolvido para o microempreendedor, em frente o Salão Paroquial, no centro de Guanambi.

No espaço, 13 microempreendedores, urbanos e rurais, tiveram a oportunidade de expor seus produtos, conhecer as possibilidades de crédito oferecidas e receber serviços de saúde. Dentre eles, vendedores ambulantes, do pequeno comércio e produtores rurais, em especial, do Programa de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf).

O público, em geral, conheceu e comprou alguns produtos que estavam sendo comercializado na feira, como – Artesanato, doces caseiros, espetinho de calabresa de cabra e carneiro, Laticínios, dentre outros.

O microempreendedor, Edmarques Batista de Oliveira, de Igaporã, produtor de rapadura batida, estava expondo seu produto, e os doces de um amigo, no evento. Edmarques falou da sua produção e da importância da feira. “Eu comecei com uma fábrica de doces, depois fui aumentado. Eu tinha uma fábrica simples, era um cômodo, hoje estou com dois cômodos e já vou para o terceiro, estou com 13 anos no ramo e a produção tem aumentado”, comemora.

Marques explicou ainda que o produto produzido por ele, atualmente, está quase sendo extinto, no âmbito da produção. “Eu estou expondo um produto que está quase acabando, são poucas pessoas produzindo a rapadura batida. Na minha região, de 100 produtores, hoje restam apenas 10”.

O objetivo do evento, segundo os organizadores, é fomentar as atividades do microempreendedor através do Credamigo (Produtor urbano) e do Agroamigo (Produtor Rural), programas de microcrédito do Banco do Nordeste.

“O objetivo é está ajudando esses produtores no desenvolvimento das suas atividades. Nós promovemos esse evento em Guanambi para mostrar a atuação do banco, além de alguns serviços de saúde”, explica o gerente do Banco do Nordeste, Jeremias Fernandes, um dos organizadores do evento.

“Esse evento surgiu lá no Ceará, no inicio do ano, onde o Banco do Nordeste leva ao conhecimento da comunidade a importância das micro finanças para os nossos microempreendedores, tanto na área rural, quanto na área urbana. Esse evento é voltado para população em geral, levando o conhecimento da micro finança do banco”, pontua Vitor Neves, gerente estadual do Agroamigo do Banco do Nordeste.

Vitor destacou ainda a importância das parcerias para efetivação do evento que promove visibilidade para o microempreendedor. “O evento também conta com a parceria – do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Sebrae, Superintendência Baiana de Assistência Técnica e Extensão Rural (Bahiater), Prefeitura Municipal de Guanambi e CDL. A importância do microcrédito também é levada através da visibilidade do produto para a comunidade. Os produtores apresentam seus produtos aqui na feira.”

Além da exposição, os produtores contaram com assistência à saúde. Os alunos do curso de enfermagem da UniFG realizaram teste de glicemia e verificação de pressão arterial, nos microempreendedores, sob a supervisão da professora Edna Guimarães.

Anúncio

Deixe uma resposta