José Cruz/Agência Brasil
Anúncio

A partir de fevereiro de 2018, os motorista terão, além do documento físico, o arquivo  virtual da CNH, acessado com eletrônicos com Android, Windows e IOS.  A novidade foi aprovada nesta semana, pelo Conselho Nacional de Transito (Contran).

O nova maneira de CNH, poderá substituir a carteira  física  que será identificada pela leitura no QRCode (código de barras bidimensional  que pode ser escaneado) ou certificado digital.  No entanto, continuará a ser emitido o impresso e terá a mesma eficácia.

Contudo, para aderir a CNH eletrônica, o motorista deverá se cadastrar no site do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) com um certificado digital. O acesso ao documento dependerá da digitação de uma senha. O sistema, que está em fase de testes, ainda permitirá o bloqueio do aplicativo caso o celular seja extraviado. Segundo informações do O estado de S. Paulo.

Se você gosta do conteúdo da Agência Sertão, colabore para o aprimoramento do nosso Jornalismo a partir de R$ 10 por mês e seja um assinante - Saiba como!

 

Responder

Por favor, escreva seu comentário
Digite seu nome aqui