A Eletrobras informou que a sua subsidiária Chesf (Companhia Hidro Elétrica do São Francisco) concluiu em 15 de janeiro de 2020 a energização dos aerogeradores dos Complexos Eólicos Pindaí I, II e III.

A conclusão desse empreendimento representa um incremento de 110 MW de capacidade instalada da Chesf, correspondente a uma receita anual de R$ 70,7 milhões.

Os Complexos Eólicos Pindaí I, II e III, situados na Bahia, são formados por 11 sociedades de propósito específico criadas a partir do Leilão de Energia de Reserva, do Leilão nº 09 (A-3) e do Leilão Aneel nº 10 (A-5) realizados pela ANEEL em 2013, visando a buscar novos empreendimentos de geração eólica para suprimento de energia.

Eles são compostos de 55 aerogeradores, dos quais 35 estão em operação comercial e 20 em operação de teste.

Via Eu Quero Investir

Este post foi modificado pela última vez em 17 de janeiro de 2020 - 12:40 12:40