A Prefeitura de Urandi, por meio da secretaria municipal de Saúde, emitiu um novo boletim informando o aumento do número de casos de pessoas com diagnóstico positivo para o coronavírus.

Na última quarta-feira (20) eram 27 casos, um novo registro foi incluído na quinta-feira (21) e mais 14 foram confirmados nesta sexta-feira (22), totalizando 42 casos.

O foca da contaminação foi encontrado entre trabalhadores das obras da linha de transmissão de energia Igaporã(BA)-Presidente Juscelino(MG). Os diagnósticos foram feitos por meio de testes rápidos, sendo alguns confirmados pelo Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen/BA), em Salvador.

O boletim informa ainda que 699 pessoas estão sendo monitoradas pela Vigilância Epidemiológica e pela equipe médica da empresa Planova. Entre as pessoas testadas, 303 tiveram resultado negativo, outras 250 aguardam a testagem.

A população estimada de Urandi em 2019 foi de 16.658 habitantes. Considerando os 42 casos, a taxa de incidência da contaminação na cidade é de 252,13 casos por grupo de 100 mil habitantes, maior que a incidência no Brasil, que até o momento é de 147,6 casos por 100 mil habitantes.

Veja também: Guanambi confirma 18º caso de coronavírus

Vale ressaltar que a maioria dos casos positivos foi detectada em pacientes residentes em outros município, alojados no município onde atuam na obra.

A Equatorial Energia, responsável pelo consórcio de c onstrução da linha de transmissão 500kV Igaporã III – Presidente Juscelino

, emitiu nota na última quarta-feira informando que realizou a testagem de todos os colaboradores da obra e que e redobrou os cuidados para evitar a proliferação do vírus.

Entre as medidas, a disponibilização de uma enfermeira, de uma ambulância e de um psicólogo para atender os trabalhadores isolados na pousada, além do suporte médico e alimentar.

Brasil

Foram 1.188 registros de morte incluídos no balanço do Ministério da Saúde  em 24 horas, chegando ao total de 20.047 óbitos. Ao todo, são 310.087 casos confirmado d da doença em todo o país.

Bahia

A Bahia registra 11.941 casos confirmados de Covid-19, o que representa 17,91% do total de casos notificados no estado e 376 óbitos. Cumpre ressaltar que, desde o dia 19 de maio, 1.309 casos confirmados aguardam validação dos municípios.

Considerando o número de 11.941 casos confirmados, 3.523 recuperados e 376 óbitos, 8.042 pessoas permanecem monitoradas pela vigilância epidemiológica e com sintomas da Covid-19, o que são chamados de casos ativos. Na Bahia, 1.852 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19.

Os casos confirmados ocorreram em 230 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (64,61%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 1.000.000 habitantes foram Uruçuca (3.752,62), Itabuna (3.151,63), Ipiaú (2.833,91), Ilhéus (2.575,05) e Salvador (2.395,25).

O boletim epidemiológico registra 32.424 casos descartados e 66.681 notificações em toda a Bahia. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais.

Taxa de ocupação

Na Bahia, dos 1.427 leitos disponíveis do Sistema Único de Saúde (SUS) exclusivos para Covid-19, 718 possuem pacientes internados, o que representa uma taxa de ocupação de 50%. No que se refere aos leitos de UTI adulto e pediátrico, dos 571 leitos exclusivos para o coronavírus, 345 possuem pacientes internados, compreendendo uma taxa de ocupação de 60,4%. Cabe ressaltar que o número de leitos é flutuante, representando o quantitativo exato de vagas disponíveis no dia. Intercorrências com equipamentos, rede de gases ou equipes incompletas, por exemplo, inviabilizam a disponibilidade do leito. Ressalte-se que novos leitos são abertos progressivamente mediante o aumento da demanda.

Exames

O Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-BA) realizou 39.949 exames do tipo RT-PCR, que é o padrão ouro para identificar o genoma viral do coronavírus, no período de 1° de março a 21 de maio de 2020. Atualmente, 3.888 amostras estão em análise laboratorial e os exames são liberados em até 48 horas.

Óbitos

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) contabiliza 376 mortes pelo novo coronavírus. Estes números contabilizam todos os registros de janeiro até as 18 horas desta quinta-feira (21). Ressalta-se que os óbitos não ocorreram nas últimas 24 horas

Para acessar o boletim completo, com a lista de municípios com casos confirmados, clique aqui