Diante da pandemia da Covid-19 e a suspensão das aulas presenciais, os professores do Colégio Estadual Antônio Carlos Magalhães, no distrito de Mutans, em Guanambi, tomaram a iniciativa de preparar seus estudantes para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 por meio de plataformas digitais.

Mesmo com as dificuldades de acesso às tecnologias por parte dos estudantes, predominantemente oriundos da zona rural, a expectativas dos professores e direção é de oferecer oportunidades para que os alunos possam se preparar para as provas, mesmo com as aulas suspensas em decorrência da pandemia.

De início, foi criado um grupo de WhatsApp com professores dispostos a ministrar aulas de suas disciplinas de formação e alunos do 2° e 3° ano do Ensino Médio. Neste espaço são publicados avisos e horários das aulas semanais. Para as aulas, algumas plataformas que permitem chamadas de vídeos são utilizadas, como o Hangouts do Google, o Loom e o Google Meet, que tem sido o mais acessível.

A vice-diretora Edivalda Domingues acredita que “esse é um momento essencial e desafiador para a busca de alternativas de interação humana, seja para o apoio mútuo entre educador e educando, mas também para o aprendizado e enriquecimento das experiências de ambos”, disse.

O colégio avalia que estudar à distância leva o aluno a se preparar para a prova por meio de seus próprios recursos, em sua casa e considera que nem todos tem acesso às tecnologias e ferramentos. Isso revela uma condição absurdamente desigual entre o aluno da rede privada e da pública.

“Quando optamos por essa ação de aulas virtuais para auxiliar nossos estudantes, sabíamos que o principal problema seria não conseguir o alcance de 100% de nossos alunos, mas não poderíamos ficar parados pensando nas limitações. As aulas estão sendo acompanhadas com muito entusiasmo pelos estudantes que pretendem realizar a prova do Enem e demais processos seletivos e nós educadores estamos nos reinventando e trabalhando para que nossos alunos não fiquem sem o contato com os conteúdos do currículo do Ensino Médio” destaca o professor de História, Fábio Teixeira.

Para o professor de Matemática Gilmar Pereira, “como nossa Escola é do campo, uma realidade diferente, carente das mesmas oportunidades, não podemos deixar nossos alunos sem a chance de ingressar numa universidade”.

Mesmo diante das dificuldades, a direção do colégio acredita que a iniciativa traz resultados positivos para os estudantes, como ressalta a aluna Jenifer Paes. “Para mim, as aulas online para o ENEM estão sendo imprescindíveis nesse momento, de forma simples e clara estão nos proporcionando muita aprendizagem e conhecimento para futuramente realizarmos nossos sonhos.

O Enem 2020 foi adiado, a data prevista era para 1º e 8 de novembro. As novas datas ainda serão definidas, podendo ocorrer entre dezembro e janeiro de 2021.