Presidente desvia verba do Bolsa Família do Nordeste para gastar com comunicação do Planalto

Publicado por
Joana Martins
Compartilhado

O governo do presidente Jair Bolsonaro publicou nesta quinta-feira (4) no Diário Oficial da União uma portaria que remaneja R$ 83,9 milhões dos programas de transferência de renda, incluindo o Bolsa Família, para suplementar a comunicação institucional e publicidade do Palácio do Planalto.

portaria nº13.474/20, assinada pelo secretário especial da Fazenda, Waldery Rodrigues Júnior, especifica que os recursos retirados do Bolsa Família atenderiam pessoas em situação de pobreza da região Nordeste.

O Bolsa Família passa por um processo de “desidratação” no Nordeste durante o governo de Jair Bolsonaro. Levantamento divulgado em março aponta que, embora responda por 36,8% das famílias que estão atualmente no cadastro único sem acesso ao programa, a região teve apenas 3% dos novos benefícios do programa concedidos no mês de janeiro pelo governo federal. Os nove estados do Nordeste têm governadores que fazem oposição ao governo Bolsonaro.

Joana Martins
Publicado por
Joana Martins

Notícias recentes

Elza Soares morreu aos 91 anos no rio de Janeiro

A cantora Elza Soares morreu aos 91 anos nesta quinta-feira (20). De acordo com a…

Nota Premiada Bahia premiou quatro consumidores de Jequié e Vitória da Conquista

A campanha de cidadania fiscal Nota Premiada Bahia, do Governo do Estado, acaba de divulgar…

Com vagas em Vitória da Conquista, seleção do IBGE para Censo 2022 encerra inscrições nesta sexta-feira

Terminam nesta sexta-feira (21), às 16h, as inscrições para o processo seletivo do Censo Demográfico…

Matrícula da rede estadual para o ano letivo 2022 inicia na próxima segunda-feira

A matrícula da rede estadual de ensino para o ano letivo 2022 poderá ser realizada…

Policiais Civis da Bahia aprovam lockdown semanal e estado de greve

O Sindicato dos Policiais Civis da Bahia (SINDPOC) aprovou o estado de greve da categoria,…

Em Juazeiro e Petrolina, rio São Francisco já subiu quase 2,5 metros após maior abertura de comportas em 15 anos

As cidades de Juazeiro, na Bahia, e Petrolina, em Pernambuco, já sentem a cheia do…