WhatsApp ganha recurso contra fake news

Publicado por
Tiago Marques
Compartilhado

Na última semana, o WhatsApp lançou um novo recurso que pode ajudar a combater a disseminação de fake news. Mas, para isso, é preciso que muitas pessoas conheçam e, principalmente, utilizem essa função. Trata-se de uma lupa para pesquisar sobre o conteúdo de mensagens viralizadas.

Desde abril, o aplicativo limitou o compartilhamento das mensagens encaminhadas com frequência. Essas mensagens, sinalizadas com uma seta dupla ao lado da palavra “Encaminhada”, podem ser enviadas a apenas uma conversa por vez. Outras mensagens podem ser encaminhadas para até cinco pessoas (ou grupos) ao mesmo tempo.

Agora, o WhatsApp acrescentou uma lupa ao lado dessas mensagens viralizadas. Para usar o recurso, é só clicar em cima da lupa. Surge então uma mensagem perguntando se o usuário deseja pesquisar sobre o assunto. Basta clicar em “Buscar na internet”.

Automaticamente, através do navegador de internet instalado no celular ou no computador, é feita uma busca no Google com as palavras contidas na mensagem. Nos resultados mostrados, o sistema dá prioridade a páginas que fazem checagem de informações.

O ponto negativo é que o recurso funciona apenas para mensagens de texto. A lupa não aparece ao lado de fotos ou vídeos, mesmo que sejam mensagens sinalizadas com a seta dupla. Espero que em breve a pesquisa possa ser feita em fotos e vídeos também.

Mas a própria pessoa pode (e deve) checar as informações contidas em uma imagem ou vídeo encaminhado com frequência pelo WhatsApp. Faça uma pesquisa no Google sobre o assunto. Visite também sites de checagem como projetocomprova.com.br, piaui.folha.uol.com.br/lupa, aosfatos.org, g1.globo.com/fato-ou-fake e boatos.org.

Se encontrar um boato, ajude a espalhar a verdade. Por causa da sua criptografia de ponta a ponta, o WhatsApp ainda é o meio por onde mais circulam fake news criminosas. Ajude a combater isso.

Tiago Marques
Publicado por
Tiago Marques

Notícias recentes

Elza Soares morreu aos 91 anos no rio de Janeiro

A cantora Elza Soares morreu aos 91 anos nesta quinta-feira (20). De acordo com a…

Nota Premiada Bahia premiou quatro consumidores de Jequié e Vitória da Conquista

A campanha de cidadania fiscal Nota Premiada Bahia, do Governo do Estado, acaba de divulgar…

Com vagas em Vitória da Conquista, seleção do IBGE para Censo 2022 encerra inscrições nesta sexta-feira

Terminam nesta sexta-feira (21), às 16h, as inscrições para o processo seletivo do Censo Demográfico…

Matrícula da rede estadual para o ano letivo 2022 inicia na próxima segunda-feira

A matrícula da rede estadual de ensino para o ano letivo 2022 poderá ser realizada…

Policiais Civis da Bahia aprovam lockdown semanal e estado de greve

O Sindicato dos Policiais Civis da Bahia (SINDPOC) aprovou o estado de greve da categoria,…

Em Juazeiro e Petrolina, rio São Francisco já subiu quase 2,5 metros após maior abertura de comportas em 15 anos

As cidades de Juazeiro, na Bahia, e Petrolina, em Pernambuco, já sentem a cheia do…