Início Destaques Em menos de 24h, PM encerra mais uma festa com 100 pessoas...

Em menos de 24h, PM encerra mais uma festa com 100 pessoas em Guanambi

Festa clandestina
Divulgação I Ascom PMG

Em mais uma ação de fiscalização contra o descumprimento do Decreto Municipal que proíbe a realização de eventos, como forma de prevenção à Covid-19 na cidade, a Polícia Militar (PM) de Guanambi interrompeu uma festa com mais de 100 participantes na noite deste sábado (15). A ação ocorreu em uma casa de eventos, no bairro São Sebastião.

De acordo com a Assessoria de Comunicação (Ascom) da Prefeitura, a maioria dos participantes eram jovens, que promoviam aglomeração, sem uso de máscara e faziam uso de bebida alcoólica.

Esta é a segunda ação semelhante no mesmo final de semana. Na noite de sexta-feira (14), a Vigilância Sanitária encerrou uma outra festa clandestina, com apoio da Polícia Militar. O evento estava sendo realizado em um imóvel na rua Maria Quitéria, próximo à Praça do Feijão, também com 100 pessoas. O local foi interditado e o responsável responderá judicialmente.

Na ação deste sábado, 28 pessoas foram conduzidas para a Delegacia de Polícia por descumprirem a orientação da PM. Em razão do ocorrido, a Vigilância Sanitária compareceu no estabelecimento e notificou o proprietário da casa de eventos, para fins de aplicação das penalidades contidas na lei, conforme consta no Decreto Municipal 243/2021.

Bar também é interditado

Também na noite deste sábado, a Vigilância Sanitária autuou o proprietário de um bar no bairro Ipiranga e interditou o local, por descumprir o decreto que flexibilizou a atividade recentemente.

Além disso, bares foram notificados, para que cumpram as exigências do Decreto Municipal que reabriu e flexibilizou a atividade. Segundo a prefeitura, se os proprietários seguirem desrespeitando as normas, serão também interditados pela Vigilância, que trabalha com o apoio da Polícia Militar.

Fiscalização intensificada

As ações de fiscalização da Vigilância Sanitária com o apoio da PM estão sendo intensificadas em bares e restaurantes, através de Ronda Noturna, para conferir o cumprimento de Protocolos Sanitários em decorrência da COVID-19. Os estabelecimentos flagrados em descumprimento do Decreto Municipal e Portaria Municipal número 15 de 29/04/2021 e que já tenham sido notificados em fiscalizações anteriores, poderão sofrer punições que vão desde multa até interdição.

A prefeitura ressaltou que a população pode colaborar denunciando aglomerações, festas clandestinas e o descumprimento dos decretos municipais, ligando para a Polícia Militar no 190, ou para a Vigilância Sanitária em horário comercial de segunda à sexta no 3451-4261 ou no plantão nos finais de semana: 9 9961-4362 ou 9 9976-2072. A identidade do denunciante será preservada.

A apuração de festas clandestinas em residências é feita pela Polícia Militar e festas clandestinas em estabelecimentos é apurada pela Vigilância Sanitária em parceria com a PM.

Casos

Mais um paciente infectado pelo coronavírus morreu neste sábado (15), de acordo com a Secretaria Municipal de Guanambi. A vítima foi uma mulher de 87 anos, portadora de comorbidades (Diabetes Mellitus, Acidente Vascular Cerebral, Leucemia Linfática Crônica e Hipotireoidismo). O total de óbitos relacionados à doença chegou a 75, nove apenas em maio.

Mais 23 casos da doença foram confirmados em Guanambi nesta domingo (16). Agora são 6.967 confirmações, com 262 casos ainda ativos e 292 pacientes com suspeita da doença aguardando o resultado do exame laboratorial. O acumulado de casos na semana é de 309, o maior desde meados de abril.

Neste sábado (15), completou-se um ano dos primeiros registros da doença em Guanambi.

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

Sair da versão mobile