Delton foi encontrado por conta de veículo de luxo e não apresentou resistência à prisão

- Advertisement -

Últimas Notícias

Tiago Marques
Tiago Marqueshttps://agenciasertao.com/
Tiago Marques é redator e editor do site Agência Sertão. Trabalha com produção de conteúdo noticioso para rádio e internet desde 2015.
- Advertisement -

Durou quase um ano e meio o período de liberdade de Aldo Berto Casto, o Delton, apontado pela polícia como líder de uma das facções que controla o tráfico de drogas em Guanambi. Ele foi preso na manhã desde domingo (1º), em Araquari, na região de Joinville, em Santa Catarina.

A Polícia Militar catarinense localizou e prendeu Delton em uma residência onde ele estava morando enquanto se escondia da justiça baiana. A localização foi descoberta após investigações da Polícia Civil da Bahia apontarem que ele estava escondido em Curitiba, no Paraná. Já a polícia paranaense conseguiu informações de que ele teria fugido para Santa Catarina. Com base no resultado do trabalho de inteligência, foram repassadas as informações para o a PM tentar localizá-lo.

A principal pista era o veículo Jeep Compass de cor cinza, usado por Delton em seus deslocamentos na região. Eles chegaram ao procurado quando localizaram o veículo estacionado no pátio de uma residência.

Carro usado por Delton foi ponto chave para localizar seu paradeiro

Duas equipes do Tático do 8º Batalhão de Polícia Militar (8ºBPM) realizaram o cerco e a abordagem à casa. Uma mulher que se apresentou como proprietária do imóvel permitiu a entrada dos policiais. Ao perceber que estava cercado, Delton se apresentou voluntariamente, sem apresentar resistência à prisão.

Os policiais realizaram uma busca pessoal no foragido e na casa, e não encontram nada de ilícito durante os procedimentos. Em seguida, foi dada a voz de prisão com base nos mandados e feita a condução do preso, sem nenhuma lesão ou ferimento aparente, até o presídio regional de Joinville. Nos próximos dias, ele deverá ser transferido para a Bahia.

De acordo com a Polícia Civil da Bahia, oito mandados de prisão preventiva foram expedidos contra Delton pela Justiça Criminal de Guanambi. Ele é acusado de envolvimento nos crimes de tráfico de drogas e homicídios.

No ano passado, ele foi liberado do presídio onde se encontrava preso em Salvador, após terem sido revogados cinco mandados de prisão pela Justiça Criminal da Comarca de Guanambi.

Relacionadas

Deixe uma resposta

- Advertisement -

Mais Lidas

- Advertisement -