Início Bahia Conquista e Região Prefeitura de Vitória da Conquista abre processo seletivo com 300 vagas

Prefeitura de Vitória da Conquista abre processo seletivo com 300 vagas

Prefeitura de Vitória da Conquista
Reprodução

Foi publicado na edição desta quarta-feira (18) do Diário Oficial do Municípios de Vitória da Conquista, o Processo Seletivo para contratação de psicólogos, assistentes sociais e pedagogos para atuação na Rede Municipal de Educação.

Os candidatos interessados em concorrer às vagas devem se inscrever entre os dias 23 e 30 de agosto por meio do site do Instituto de Desenvolvimento e Capacitação (IDCAP), empresa responsável pela seleção. A taxa de inscrição é de R$ 60.

São ao todo 300 vagas distribuídas entre as três áreas. De acordo com o edital, os profissionais vão apoiar o desenvolvimento das ações do Programa de Melhoria da Convivência e Proteção Escolar e orientar profissionais sobre possíveis sinais para identificação de traumas e abusos entre os alunos. Além disso, vão conduzir testes e ferramentas psicológicas, conforme planejamento de cada escola.

Todas as funções tem reserva de 5% das vagas para candidatos com deficiência e previsão de formação de cadastro de reserva.

Para os cargos de Assistente Social e Psicólogo, a carga horária é de 30 horas semanais e a remuneração é de R$ 1.641,05. Já para o cargo de Pedagogo, a carga horária é de 40 horas semanais e o vencimento base de R$ 2.177,16.

A seleção será realizada por meio de etapa única, consistindo em prova objetiva de caráter eliminatória e classificatória. As provas serão compostas de 40 questões de Língua Portuguesa, Conhecimentos Gerais e Conhecimentos Específicos relacionados à função pretendida. As provas serão aplicadas no dia 12 de setembro.

Atribuições dos cargos

Assistente Social

Elaborar, coordenar, executar e avaliar planos, programas e projetos que sejam do âmbito de atuação do Serviço Social com participação da sociedade civil; Realizar entrevistas com os servidores e pessoas carentes que buscam o setor, visando analisar e diagnosticar problemas e necessidades; Promover a concessão de documentação auxílio em materiais e financeiros destinados pela Prefeitura, para atender servidores, população carente e migrantes; Realizar visitas domiciliares às famílias solicitantes de auxílio, para confirmar a
veracidade das informações, bem como complementar dados para análise, diagnóstico e acompanhamento social adequado; Promover reuniões com a comunidade formando associações de bairros, com o objetivo de promover o cooperativismo e a integração dos moradores entre si, orientando-os quanto a solução de problemas sociais básicos, registrando e legalizando as entidades sociais da comunidade; Manter contatos externos visando formar convênios consignatários entre a Prefeitura, Empresas comerciais e prestadoras de serviços para atender aos servidores; Atender aos servidores encaminhando-os e orientando-os quanto a assistência previdenciária, assistência médica, pensão auxílios, aposentadoria, providenciando internamento e acompanhamento médico, quando necessário; Elaborar e desenvolver projetos relacionados a assistência a promoção social do menor, idosos e demais pessoas carentes da comunidade; Manter contatos com empresas locais visando a colocação de mão-de-obra da população do Município; Recrutar, cadastrar, e encaminhar os candidatos para vagas existentes nas empresas cadastradas; Atender orientar e encaminhar pessoas da comunidade aos serviços prestados pela PMVC; Desenvolver atividades que visam promover o desenvolvimento profissional das pessoas carentes do município; Executar outras tarefas afins e correlatas.

Pedagogo

Realizar cobertura das atividades complementares para cumprimento da lei do piso (Lei nº 11.738 de 16 de julho de 2008); Planejar, elaborar e desenvolver projetos de captação de recursos e convênios com entidades, para promoção de cursos de aperfeiçoamento e/ou reciclagem de servidores; Atender educandos que necessitem de atendimento pedagógico especializado, encaminhando para serviços ou profissionais visando o atendimento médico, pedagógico, psicológico, fonoaudiólogo, fisioterápico ou outros, quando necessário; Informar e orientar a família quanto às condições cognitivas do educando, orientando-a quanto a atitudes que colaborem no seu processo de desenvolvimento cognitivo e comportamental; Orientar o corpo docente e administrativo das escolas e outras instituições quanto ao desenvolvimento cognitivo do educando avaliado, bem como sugerir atividades diferenciadas a serem trabalhadas em classes do ensino regular e nas diversas modalidades de atendimento em educação especial; Elaborar planos de aula.

Psicólogo

Desenvolver trabalho conjunto com pedagogos, visando informar o potencial que a criança ou adolescente apresenta e que poderá ser desenvolvido; Efetuar avaliação psicodiagnóstica de crianças e adolescentes a partir da identificação dos distúrbios de aprendizagem; Participar na elaboração dos projetos pedagógicos, planos e estratégias, a partir de conhecimentos em psicologia do desenvolvimento e aprendizagem, na perspectiva da promoção da aprendizagem de todos os alunos, com suas características peculiares; Participar na elaboração de políticas públicas; Contribuir com a promoção dos processos de aprendizagem, buscando, juntamente com as equipes pedagógicas, garantir o direito a inclusão de todas as crianças e adolescentes; Orientar nos casos de dificuldades nos processos de escolarização; Realizar avaliação psicológica a partir das necessidades específicas identificadas no processo educativo; Orientar às equipes educacionais na promoção de ações que auxiliem na integração família/educando/escola e nas ações necessárias à superação de estigmas que comprometam o desempenho escolar dos educandos; Propor e contribuir na formação continuada de professores e profissionais da educação, que se realiza nas atividades coletivas de cada escola, na perspectiva de constante reflexão sobre as práticas docentes; Contribuir com programas e projetos desenvolvidos na escola; Atuar nas ações e projetos de enfrentamento dos preconceitos e da violência na escola; Propor articulação intersetorial no território, visando à integralidade de atendimento ao munícipe, o apoio às Unidades Educacionais e o fortalecimento da Rede de Proteção Social; Promover ações voltadas para a escolarização do público alvo da educação especial; Proposição e participação em atividades formativas destinadas à comunidade escolar sobre temas relevantes da sua área de atuação; Participar e elaborar projetos de educação e orientação profissional; Promover de ações de acessibilidade; Propor de ações, juntamente com os professores, pedagogos, alunos e pais, funcionários técnicoadministrativos e serviços gerais, e a sociedade de forma ampla, visando melhorias nas condições de ensino, considerando a estrutura física das escolas, o desenvolvimento da prática docente, a qualidade do ensino, entre outras condições objetivas que permeiam o ensinar e o aprender

Confira o edital completo e anexos para mais informações:

Edital de Abertura – Processo Seletivo 004/2021
Anexo I – Cronograma
Anexo II – Atribuições dos cargos/ funções
Anexo III – Conteúdo programático
Anexo IV – Autodeclaração de baixa renda

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

Sair da versão mobile