27.9 C
Guanambi
19.5 C
Vitória da Conquista

Incêndio consumiu cegonha com onze carros na BR-116, na Bahia

- -

Últimas Notícias

Tiago Marques
Tiago Marqueshttps://agenciasertao.com/
Tiago Marques é redator e editor do site Agência Sertão. Trabalha com produção de conteúdo noticioso para rádio e internet desde 2015.

Uma cegonha e onze veículos que estavam sendo transportados pegaram fogo na manhã desta quinta-feira (21), no Km 113 da BR 116, trecho do município de Chorrochó, no Norte da Bahia.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizava patrulhamento preventivo no trecho, quando foi informada de um acidente envolvendo a carreta e os veículos usados que ela transportava. De imediato, os policiais se deslocaram para o local e visualizaram a carreta completamente consumida pelo fogo.

Segundo o motorista, ele estava dirigindo quando percebeu o início do incêndio e ao estacionar o veículo, as chamas tomaram conta do conjunto veicular. O incêndio também destruiu todos os veículos transportados.

Ele conseguiu sair do veículo sem ferimentos e relatou que uma pane mecânica pode ter sido a causa do incêndio, pois notou que as chamas iniciaram em uma das rodas do semirreboque, provavelmente por freio travado.

A PRF alerta que o condutor deve manter atenção constante ao trafegar no trânsito. Nesse período de aumento do fluxo de veículos e passageiros nas rodovias, os motoristas devem dirigir de forma moderada, realizar a revisão preventiva do automóvel antes da viagem, programar pausas para descanso, procurar se informar sobre o estado de conservação das estradas e também as condições do tempo por onde vai passar.

Orientações de Segurança

Além da atenção às regras de trânsito, os cuidados com o automóvel também são fundamentais e alguns itens são indispensáveis para uma viagem segura. É importante que se faça a conferência dos itens de segurança do veículo, calibrando os pneus e observando os sulcos dos pneus, checando o bom funcionamento dos limpadores de para-brisas e testando o funcionamento da iluminação como faróis, lanternas traseiras, setas, luzes de freio e ré.

Também é fundamental planejar a viagem, buscando evitar, na medida do possível, os horários de pico. Dirigir cansado ou com sono aumenta o risco de o motorista cometer erros. A cada três ou quatro horas de viagem, é recomendável uma pausa para descanso ou revezar a direção do veículo.

Eventuais paradas no acostamento devem ser feitas apenas em caso de emergência, com pisca-alerta ligado e triângulo a pelo menos 30 metros do veículo.

Relacionadas

Deixe uma resposta

- -

Mais Lidas