Conquista e Região

Com crescimento de casos, Vitória da Conquista realiza Campanha contra a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

Publicado por
Redação
Compartilhado

A Prefeitura de Vitória da Conquista realizará, entre os dias 18 e 31 deste mês, a campanha municipal de combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes com o tema “Escutar é Proteger”.

A campanha tem o objetivo de mobilizar toda a sociedade conquistense para este grave problema por meio de ações sistêmicas e intersetoriais sob o viés da prevenção, com a participação e o engajamento de toda a Rede de Proteção local.

Segundo a prefeitura, infelizmente, este tipo de violência tem ocorrido no município. Em 2021, foram notificados e atendidos 472 casos, o que indica, na comparação com 2020, um acréscimo. Em 2020, foram recebidas dez denúncias pelo Disque 100, do Governo Federal, já em 2021 foram 21 denúncias.

Divulgação

O Sistema de Notificação de Notificação (SINAN) do Ministério da Saúde, informou que em 2020 foram notificados 87 casos de violência sexual, já em 2021 foram notificados 156. Os Centros de Referência Especializados de Assistência Social (Creas), em 2020 realizaram 137 atendimentos de vítimas e em 2021 o número foi de 148 casos atendidos. Com relação aos dados dos conselhos tutelares, em 2021 foram atendidos 147 casos de violência sexual.

Esses números reforçam a necessidade de realização da campanha. “Os números desta violência assustam e infelizmente sabemos que eles podem ser ainda maiores, já que os próprios dados mostram que a maioria dos casos ocorrem nos lares, o que dificulta a denúncia, como explica o secretário de Desenvolvimento Social, Michael Farias.

Por isso, a secretaria convoca os familiares e toda rede de proteção, que inclui escolas e unidades de saúde, para escutarem e protegerem às crianças e adolescentes. É necessário observar a mudança de comportamento e estar atento ao que elas têm a dizer.

O secretário, Michael Farias, também, ressaltou o compromisso da gestão municipal com a pauta dos direitos humanos de crianças e adolescentes, com destaque para implementação da Lei 13.431/2017 (Lei da Escuta Protegida) com a construção do primeiro Complexo de Escuta Protegida da região Nordeste.

Este ano, a campanha municipal realizará ações com a participação de todas as unidades socioassistenciais, das escolas municipais, do Núcleo de Defesa da Criança e Adolescentes da Uesb e da Fundação Educacional de Vitória da Conquista (Famac). O seu lançamento ocorrerá no próximo dia 18 de maio, às 14h, no auditório do Cemae.

Redação
Publicado por
Redação

Notícias recentes

Primeiro voo comercial vindo de Salvador pousará em Guanambi no início da tarde deste sábado

O primeiro voo da nota rota da Azul Linhas Aéreas, operado pela Azul Conecta, chega…

Após 17 dias, Guanambi volta a divulgar boletim da Covid-19

A Prefeitura de Guanambi, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, voltou a divulgar o…

156 galões de agrotóxico proibido no Brasil foram apreendidos em Luís Eduardo Magalhães

Na noite desta quarta-feira, 22, no município de Luís Eduardo Magalhães (LEM), quatro homens foram…

Homem foi preso em Paramirim com R$ 1 mil em notas falsas compradas por aplicativo

Nesta quarta-feira, 22, um homem foi preso com a quantia de R$ 1 mil em…

Motorista foi preso e carro roubado foi recuperado pela PRF em Barreiras

Na tarde desta quarta-feira, 22, durante fiscalização no KM 800 da BR- 242, trecho do…

Órgãos de Saúde alertam para risco de queimaduras e acidentes durante o São João

Após dois anos sem a realização das tradicionais festas juninas, o Ministério da Saúde (MS)…