Reprodução
Anúncio

A greve dos caminhoneiros está completando nove dias nesta terça-feira (29). Os impactos da paralisação atingiram as ações da Petrobras na Bolsa de valores.

Segundo levantamento feito pela provedora de informações financeiras Economatica, a Petrobras perdeu mais de R$ 126 bilhões em valor de mercado. Isso fez com que a estatal ocupasse agora a 4ª colocação no ranking de valor de mercado, das empresas brasileiras mais valiosas da Bolsa.

Antes dos protestos, a Petrobras ocupava o topo da lista, mas na semana passada perdeu a posição para a Ambev. Nesta segunda feira (28), a petrolífera caiu mais duas posições no ranking, foi superada pela Vale e pelo Itaú Unibanco.

No dia 10 de maio deste ano, a Petrobras tinha retomado o posto de maior empresa em valor de mercado após três anos em baixa.

Segundo o G1, as ações da estatal operavam em movimento de queda mesmo antes dos protestos. Em oito anúncios, a empresa perdeu mais de R$ 146 bilhões. Com queda maior que 14% em suas ações nesta segunda (28), a Petrobras atingiu valor de mercado de R$ 259 bilhões.

A máxima histórica registrada pela empresa foi em 21 março de 2008, quando o valor de mercado atingiu R$ 510 bilhões na Bovespa.

 

Anúncio

Deixe uma resposta