Anúncio

A sede social do America Football Clube, na Rua Campos Sales, no tradicional bairro da Tijuca, zona norte do Rio de Janeiro, vai a leilão hoje (25), às 11h50, no auditório da Justiça do Trabalho, por causa de

dívidas trabalhistas. O prédio, com 23 mil metros quadrados, avaliado em R$ 75 milhões, será leiloado pela metade do preço, com lance inicial de R$ 37,5 milhões.

O  prédio sediou festas grandiosas e tinha uma programação atuante. Nos últimos anos, afundado em dívidas, o clube foi abandonando o prédio, que está se deteriorando.

Com programação para os associados, academia de ginástica, piscinas olímpicas e os tradicionais bailes nos fins de semana, o America movimentava a Tijuca, e milhares de associados participavam da vida social do clube.

Atualmente, a fachada do prédio está pichada e o rebaixamento do teto em gesso caindo, o que mostra aparente abandono do clube, que já esteve na primeira divisão do Rio e agora disputa a segunda divisão.

Fundado em 18 de setembro de 1904, o seu nome não tem acentuação, já que se adota a grafia em inglês, com o clube se colocando como representante da região da Grande Tijuca, onde historicamente mantém a sede.

Entre as conquistas mais relevantes do America destacam-se o International Soccer League, em 1962, disputado por grandes equipes, e o Torneio dos Campeões em 1982, organizado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) que contava com os maiores clubes do Brasil, além de sete títulos do Campeonato Carioca.

Último título

O último título foi conquistado em 1960 quando o America venceu o Fluminense por 2×1, de virada.

O maior ídolo do America é Edu Coimbra, irmão do atacante Zico, que brilhou no Flamengo e na Seleção Brasileira.

O America também é o clube do coração de milhares de torcedores. Entre os torcedores ilustres do clube estão o acadêmico Arnaldo Niskier, o compositor Monarco, da Portela, e o cantor e compositor Tico Santa Cruz.

Com a venda do campo de futebol do clube em Vila Isabel, onde atualmente está um shopping center, a sede esportiva do clube fica em Mesquita, na Baixada Fluminense. Leva o nome de Giulite Coutinho, ex-presidente da CBF e do America.

Com o time rebaixado à segunda divisão, o Estádio Giulite Coutinho passa por dificuldades financeiras, e o clube não tem condições de contratar atletas de nome para compor o elenco.

Fonte:  Douglas Corrêa – Repórter da Agência Brasil

Anúncio

Deixe uma resposta