dilma-anuncio-empresarios-20140807-23-size-598Após o Banco Central (BC) divulgar o resultado fiscal do setor público referente ao mês de fevereiro de 2015, a presidente Dilma Rousseff (PT) afirmou nesta terça-feira (31) que prepara um “grande corte” nos gastos do governo federal. De acordo com dados do Banco Central, juntos, governo federal, estatais, Estados e municípios, tiveram um déficit primário – quando o valor das despesas é maior que as suas receitas – de R$ 2,3 bilhões em fevereiro. “Agora é a nossa vez. Vamos conter nossos gastos”, declarou a presidente em entrevista à agência Bloomberg. Segundo ela, o governo precisa racionalizar os gastos e “defasar outros”. “Vamos criar vários mecanismos. Diria que essa é a parte em que o governo entra e o nosso pedaço vai ser grande”, acrescentou. Segundo o BC, o governo registrou, em doze meses, uma piora no déficit primário com elevação de 0,61% para 0,68% do Produto Interno Bruto (PIB).

Dilma Rousseff vai pedir a Obama para ser retirada de lista de autoridades espionadas

A presidente Dilma Rousseff disse que vai pedir ao presidente americano Barack Obama para ser retirada da lista de líderes estrangeiros espionados pela Agência Nacional de Segurança (NSA). Segundo a Folha de S. Paulo, essa é a condição para ela voltar a fazer visitas diplomáticas nos Estados Unidos. Eles devem conversar sobre o assunto durante a Cúpula das Américas, que acontece nos próximos dias 10 e 11, no Panamá. Obama já pediu publicamente que a chanceler alemã, Angela Merkel, fosse retirada da lista, mas de acordo com reportagem publicada pelo New York Times em fevereiro, autoridades brasileiras e mexicanas seguiam espionadas. Dilma cancelou a viagem de Estado a Washington que aconteceria em outubro de 2013 depois do escândalo envolvendo a NSA ser revelado. Ainda de acordo com a Folha de S. Paulo, o encontro entre os dois na Cúpula das Américas pode acontecer na forma de uma reunião bilateral ou apenas através de uma conversa informal.

Responder

Por favor, escreva seu comentário
Digite seu nome aqui