22.3 C
Guanambi
16 C
Vitória da Conquista

Projeto “Primeiros Socorros para Leigos” capacita colaboradores da FG para atendimento médico de urgência

spot_img
- Advertisement -

Últimas Notícias

Tiago Marqueshttps://agenciasertao.com/
Tiago Marques é redator e editor do site Agência Sertão. Trabalha com produção de conteúdo noticioso para rádio e internet desde 2015.
- Advertisement -

103453201501041

O treinamento de pessoas leigas para atuar em situações de emergência tem sido recomendado, constantemente, pelos especialistas. Saber ter a atitude certa diante de uma pessoa que passa mal ou sofre um acidente doméstico, é fundamental para minimizar as consequências do acidente ou mal sofrido.

O importante é saber que, em situações de emergência, deve-se manter a calma e ter em mente que a prestação de primeiros socorros não exclui a importância de um médico. Além disso, é preciso certificar que há condições seguras o bastante para a prestação do socorro sem riscos, pois um atendimento de emergência mal feito pode comprometer ainda mais a saúde da vítima.

Pensando nisso, a Faculdade Guanambi implantou o projeto “Primeiros Socorros para Leigos”, voltado para atendimento inicial em situações de parada cardiorrespiratória, crise convulsiva e desmaio. O projeto é uma iniciativa do professor Sérgio Ferreira e conta com o apoio de docentes da FG. “Considerando que o número de pessoas que passam pelo campus da FG cresce a cada dia, fortalece a necessidade da disponibilização de pessoas treinadas para prestar os primeiros socorros”, afirma o professor.

O projeto está sendo realizado ao longo do primeiro semestre de 2015. A equipe de apoio e docentes estão recebendo informações sobre reconhecimento das condições da vítima, solicitação do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), dentre outras intervenções.

Por meio de parceria com o SAMU, será realizado um simulado envolvendo o atendimento inicial pelo leigo, solicitação do serviço de urgência, atendimento e transporte da vítima ao hospital mais próximo da Faculdade.

Segundo o professor, como resultados destas ações, considerando o contexto da saúde, espera-se poder contribuir com a comunidade acadêmica, no sentido de ampará-los e dar-lhes condições mínimas de privacidade, segurança e melhor prognóstico em caso de intercorrências relacionadas seu estado de saúde.

- Advertisement -
- Advertisement -

Relacionadas

Deixe uma resposta

- Advertisement -

Mais Lidas

- Advertisement -