Arthur_Maia_SolidariedadeNuma reunião esta semana na Câmara dos Deputados, o deputado federal Arthur Maia ouviu um apelo de seu partido para se candidatar a prefeito de Salvador em 2016. O pedido obedece a estratégia do Solidariedade de lançar candidatos nas capitais como forma de se fortalecer junto ao eleitorado.

Na conversa que manteve sobre o assunto com o presidente da agremiação, o deputado federal Paulinho da Força (SP), Maia teria ouvido que, na condição de líder do Solidariedade na Câmara, a exigência para que assumisse a candidatura seria inapelável.

Exatamente por causa da visibilidade que o posto, naturalmente, lhe dá. O comando do Solidariedade acha que o fato de o partido dispor de pouco tempo de TV não é um problema para Maia, que é bom de vídeo e tem um passado político sem manchas.

Afinal, o partido pode fechar apoio de partidos pequenos. O solidariedade integra hoje a base do prefeito ACM Neto (DEM), tendo apoiado a candidatura ao governo de Paulo Souto (DEM) no ano passado. Mas sua participação no governo municipal é considerada pontual.

Sem um candidato já definido para enfrentar Neto no ano que vem, o governo do Estado aposta no lançamento de várias candidaturas à Prefeitura como forma de dificultar sua posição na sucessão e vencê-lo. Caso aceite ser candidato, Maia será o primeiro candidato do grupo de Neto a concorrer com ele.

Responder

Por favor, escreva seu comentário
Digite seu nome aqui