25.7 C
Guanambi
17.9 C
Vitória da Conquista

Aécio vai convidar líderes dos protestos para conversa, diz tucano

- Advertisement -

Últimas Notícias

Tiago Marqueshttps://agenciasertao.com/
Tiago Marques é redator e editor do site Agência Sertão. Trabalha com produção de conteúdo noticioso para rádio e internet desde 2015.
- Advertisement -




aecio3
por José Roberto Castro | Estadão Conteúdo

O presidente do PSDB de Minas, deputado Marcus Pestana, disse nesta segunda-feira (13) que presidente nacional do partido, senador Aécio Neves, vai convidar nos próximos dias os movimentos que lideram as manifestações contra o governo Dilma para uma conversa. “É para entender. ‘Vem pra Rua, qual sua visão do Brasil? Movimento Brasil Livre, o que você quer da gente? Como está vendo o futuro do Brasil?'”, explica o deputado. Segundo o relato do deputado mineiro, pela característica difusa dos movimentos, Aécio tentará uma aproximação cautelosa. Pestana lembrou que alguns dos movimentos não querem a participação de partidos e de políticos. “Como você vai tomar café na casa de alguém que não te convidou?”, questiona o deputado antes de completar: “O passo que temos que dar agora, as oposições, é um diálogo com esses movimentos para clarear isso. Nos querem lá?”, disse. Pestana disse que foi ao protesto de ontem em Belo Horizonte, mas defendeu a opção do presidente nacional do PSDB, que mais uma vez convocou os manifestantes mas não foi às ruas. “O Aécio não estava porque a situação dele é muito singular. Ele é o estuário e é, possivelmente, o herdeiro desta situação. Ele não quer que pareça oportunismo”, defendeu Pestana, um dos políticos mineiros mais próximos de Aécio. “Cada bobagem que a Dilma faz cai no colo dele por gravidade”, completou o tucano. O deputado mineiro negou que Aécio tenha deixado de ir às manifestações por medo de ser vaiado. “A reflexão política dele é que a presença dele pode dar argumento aos nossos adversários de que há um terceiro turno”, disse Pestana, antes de listar os perigos da participação do tucano nos protestos. “Imagina se o Aécio vai num movimento difuso e o cara pede um selfie com a camisa pedindo a volta dos militares. Aí o PT faz uma festa. Tudo é mais complexo do que parece”, afirmou Pestana, que disse que Aécio considerou participar dos protestos, mas desistiu.




- Advertisement -
- Advertisement -

Relacionadas

Deixe uma resposta

- Advertisement -

Mais Lidas

- Advertisement -