Pastor-Everaldo-repercute

O ex-candidato à presidência da República pelo PSC, Pastor Everaldo, foi expulso do palanque do Movimento Brasil Livre durante a manifestação contra o governo de Dilma Rousseff (PT), neste domingo (12). Ele subiu no palanque para buscar capitalizar apoio do público e até tirou fotos, quando foi impedido de discursar, de acordo com a revista Época. “Foi um lapso da assessoria. Nós não permitimos que políticos subam no palanque. Permitimos que qualquer um suba no palco e fale, desde que não seja político ou não fale de intervenção militar”, disse Rubens Nunes Filho, um dos integrantes do MBL.

Responder

Por favor, escreva seu comentário
Digite seu nome aqui