16.7 C
Guanambi
16 C
Vitória da Conquista

Sobe para 13 o número de mortos pelas chuvas em Salvador

spot_img
- Advertisement -

Últimas Notícias

Tiago Marqueshttps://agenciasertao.com/
Tiago Marques é redator e editor do site Agência Sertão. Trabalha com produção de conteúdo noticioso para rádio e internet desde 2015.
- Advertisement -

Treze mortos, 19 feridos e uma cidade paralisada. Enquanto avenidas e ruas transbordavam, famílias rezavam nas 600 encostas da cidade – 55 delas áreas de risco iminente, como na região da Fazenda Grande do Retiro. Lá, o estrondo que traz pavor toda vez que chove deu o alerta, por volta de 6h.

Depois, foram gritos de socorro abafados pela terra, sirenes, helicóptero, bombeiros e voluntários em torno de escombros onde antes existiam seis casas. Foram resgatados oito corpos na comunidade do Barro Branco, na Avenida San Martin, onde seis pessoas permaneciam soterradas, e outros quatro na do Marotinho, no Bom Juá.A nona vítima do Barro Branco, que ainda não foi identificada, foi localizada na manhã desta terça-feira (28). Equipes de resgate estão no local tentando remover o corpo.

A Defesa Civil de Salvador (Codesal) recebeu, até as 18h40 de segunda-feira (27), 241 solicitações:  sendo 27 alagamentos de imóveis, oito desabamentos de casas, 137 deslizamentos de terra, entre outras. Os bairros mais atingidos: São Marcos, Tancredo Neves, Fazenda Grande do Retiro, São Caetano, Pirajá e Sussuarana. Brotas, Pituba, Lobato e parte da Federação ficaram sem luz, por conta de quedas de árvores e deslizamentos.
A água ocupou grandes avenidas, como Paralela, ACM e Bonocô, e invadiu até o Hospital Santo Antônio, no Largo de Roma, onde três enfermarias foram interditadas e 153 pacientes remanejados. Escolas e faculdades suspenderam aulas. Cerca de  10% dos ônibus não conseguiram deixar as garagens e o serviço de transporte público só foi normalizado meio-dia.

- Advertisement -
- Advertisement -

Relacionadas

Deixe uma resposta

- Advertisement -

Mais Lidas

- Advertisement -