18 C
Guanambi
16.4 C
Vitória da Conquista

Reginaldo Prado forneceu ‘ônibus fictícios’ para prefeito de Riacho, diz PF

Mais Lidas

Redação 96FM

O prefeito de Candiba, Reginaldo Prado, está sendo indiciado pela Polícia Federal por fornecer ‘ônibus fictícios’ e receber vantagens de empresa fantasma no esquema que envolve um escritório de contabilidade de Guanambi e o prefeito de Riacho de Santana, Tito Eugênio. As informações foram apuradas pelo site Sudoeste Bahia através do delegado da PF Ricardo Kolbe. A inclusão do nome do prefeito faz parte dos desdobramentos da “Operação Imperador” que prendeu o prefeito de Riacho de Santana e mais duas pessoas na última semana. O Ministério Público Federal pediu o bloqueio dos bens do gestor riachense e de envolvidos no esquema até a disponibilidade de R$14,5 milhões.

VEJA TAMBÉM: Prefeito de Candiba divulga nota sobre indiciamento

Segundo a PF, Reginaldo teria recebido R$135.000,00 em 2009, da empresa criada para vencer as licitações de transporte escolar. Ele prestará depoimento nesta sexta-feira (13), na sede da polícia federal em Vitória da Conquista. Os indiciados poderão responder pelos crimes de responsabilidade, fraude à licitação, peculato, crime organizado e associação criminosa, penas que se somadas podem ultrapassar 30 anos de reclusão.

*imagem ilustrativa

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas