28.7 C
Guanambi
22.4 C
Vitória da Conquista

Vídeo mostra momento exato da agressão a manifestante no aeroporto de Guanambi

Mais Lidas

Um vídeo publicado no Youtube mostra o momento exata em que um dos manifestantes do ato de protesto contra o deputado Lúcio Vieira Lima foi agredido por um polícia militar. No vídeo é possível ver que o advogado Raveno Badaró foi agredido com golpes de cassetete nas costas, membro da tendência Militância Socialista do Partido dos Trabalhadores e do coletivo ‘O Estopim’, ele contou que correu para impedir que um dos assessores do deputado danificasse a faixa de protesto, segundo Raveno, um deles teria agredido uma professora que segurava a faixa, a doutora da UNEB de Guanambi, Marinalva Nunes Fernandes. Outras duas pessoas também relataram que foram agredidas, entre elas uma estudante.

O deputado declarou que a polícia agiu de forma correta ao impedir que os manifestantes violassem a área de segurança do aeroporto, já o Levante Popular da Juventude repudio o ato através da nota na qual acusa o político de pertencer a velha oligarquia corrupta que comanda o país. O presidente da Comissão de Direitos Humanos e Segurança Pública da Assembleia Legislativa, deputado Marcelino Galo (PT), repudiou a ação truculenta da Polícia Militar. “Repudiamos este tipo de atitude, porque a polícia deve garantir direitos, e não agir de forma truculenta contra quem luta pela democracia em nosso país”, disse o deputado.

O subcomandante do 14º Batalhão de Polícia Militar, capitão José Roberto Suarez, disse ao Aratu Online nesta segunda-feira (23) que os estudantes e professores invadiram a área restrita do aeroporto, o que teria causado o tumulto.

“O deputado saiu do avião e entrou no veículo que o levaria para a cidade de Pindaí. Porém, os manifestantes entraram no local e tentaram impedir batendo no carro. A PM foi acionada para evitar um mal maior”, ressalta.

 

Notícias Relacionadas

4 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

Últimas