Tiago Marques | Redação 96FM

Aconteceu entre os dias 03 e 09 de Julho, em Porto Seguro no Sul da Bahia, a 68ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC). Este é o maior evento de divulgação científica da América Latina e este ano contou com cerca de 10 mil estudantes e pesquisadores que participaram de conferências, mesas-redondas, minicursos, encontros, sessões de pôsteres, atividades culturais e uma grande exposição científica. A reunião anual aconteceu no Campus da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB).

Cerca de 60 estudantes de instituições guanambiense estiveram presentes no evento, oriundos do IF Baiano, da Faculdade Guanambi, da UNEB e do Colégio Pequeno Príncipe. Eles levaram para o SBPC os trabalhos de pesquisa desenvolvidos nas instituições, sendo a maioria relacionada à convivência com o semiárido e sobre aspectos relacionados à vida da população local.

if baiano sbpc porto seguro

Os estudantes do IF Baiano Campus Guanambi apresentaram trabalhos relacionados à agronomia, como pesquisas sobre irrigação no semiárido, agricultura familiar, produção de frutas, uso de software e tecnologias de produção agrícola, entre outros. O coordenador de pesquisa do Campus, Leandro Peixoto, ressaltou a importância da participação dos alunos no evento. “Este evento reuni estudantes e pesquisadores de todo o Brasil, é uma grande oportunidade de interação com estudantes de outras regiões do país, momento propício para troca de experiências e desenvolvimento de parcerias”, disse o professor.

UNEB SBPC

Estudantes e professores da UNEB também participaram com um volume expressivo de pesquisas, a maioria voltada para a área pedagógica, como avaliações de aprendizado em sala de aula. A professora Fausta Couto aproveitou a oportunidade para participar das inúmeras palestras e conferências do evento. “É uma oportunidade muito boa participar de um evento multi-temático como este, participamos de vários debates e palestras. Interessante se as prefeituras da região formassem caravanas de alunos da rede pública para participarem das próximas edições, são muitas oportunidades para desenvolver o interesse dos estudantes para o mundo científico”, ressaltou a professora.

13627041_1151994151526346_4588488721109514667_n (1)

A Faculdade Guanambi também esteve presente no SBPC, foram apresentados trabalhos do Observatório FG. Um dos temas foi “O uso do Sistema de Informação Geográfica para análise dos resíduos sólidos urbanos nos municípios do Semiárido Baiano” e também sobre “Mapeamento e avaliação do índice de cobertura vegetal na cidade de Guanambi”.

13592821_1771457956465446_6957670898834634288_n

Estudantes do ensino médio do Colégio Pequeno Príncipe também apresentaram trabalhos desenvolvidos na escola, eles mostraram pesquisas sobre literatura e também sobre impactos de grandes obras como os parques eólicos instalados na região. Veruska Arantes, diretora do colégio, ressaltou a importância do desenvolvimento de trabalhos para estimular a pesquisa e despertar o senso crítico nos alunos. “Estamos muito felizes de estarmos aqui neste evento, é muito importante para nosso colégio que tem como uma das metas despertar os alunos para a realização de atividades que os evolvam e envolvam também a comunidade onde estamos inseridos, além é claro, estimular nossos estudantes para se inserirem no ambiente da pesquisa”, disse a diretora.

Em 2017, a reunião anual da SPBC acontecerá em Belo Horizonte.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui