Estado Islâmico proíbe árbitros em partidas de futebol na Síria

Publicado por
Tiago Marques
Compartilhado

O grupo terrorista Estado Islâmico proibiu a presença dos árbitros em partidas de futebol realizadas na Síria. Segundo a agência de notícias Ansa, o motivo foi o fato dos juízes seguirem as regras da Fifa e, com isso, violarem os mandamentos de Alá.

Segundo o jornal “The Independent”, uma das motivações dos extremistas para a proibição foi o fato de eles acreditarem que um atleta que é machucado durante uma partida deve agredir igualmente quem o lesionou, o que é proibido no esporte. Eles disseram ainda que quem desrespeitar a norma poderá ser preso, torturado e assassinado.

O EI montou um califado islâmico em grande parte da Síria e do Iraque, onde reina a interpretação da lei islâmica (sharia) do grupo. Atividades consideradas ocidentais são proibidas pelo grupo, como assistir programas de televisão estrangeiros, ler obras internacionais ou se vestir sem os trajes muçulmanos.

Correio24Horas 

Tiago Marques
Publicado por
Tiago Marques

Notícias recentes

Elza Soares morreu aos 91 anos no rio de Janeiro

A cantora Elza Soares morreu aos 91 anos nesta quinta-feira (20). De acordo com a…

Nota Premiada Bahia premiou quatro consumidores de Jequié e Vitória da Conquista

A campanha de cidadania fiscal Nota Premiada Bahia, do Governo do Estado, acaba de divulgar…

Com vagas em Vitória da Conquista, seleção do IBGE para Censo 2022 encerra inscrições nesta sexta-feira

Terminam nesta sexta-feira (21), às 16h, as inscrições para o processo seletivo do Censo Demográfico…

Matrícula da rede estadual para o ano letivo 2022 inicia na próxima segunda-feira

A matrícula da rede estadual de ensino para o ano letivo 2022 poderá ser realizada…

Policiais Civis da Bahia aprovam lockdown semanal e estado de greve

O Sindicato dos Policiais Civis da Bahia (SINDPOC) aprovou o estado de greve da categoria,…

Em Juazeiro e Petrolina, rio São Francisco já subiu quase 2,5 metros após maior abertura de comportas em 15 anos

As cidades de Juazeiro, na Bahia, e Petrolina, em Pernambuco, já sentem a cheia do…