25.7 C
Guanambi
18.9 C
Vitória da Conquista

Prefeitura vai apurar possível prática de crime ambiental no descarte de resíduos de banheiros químicos

- Advertisement -

Últimas Notícias

Tiago Marqueshttps://agenciasertao.com/
Tiago Marques é redator e editor do site Agência Sertão. Trabalha com produção de conteúdo noticioso para rádio e internet desde 2015.
- Advertisement -

Redação 96FM

A SANSSET, empresa que oferta serviços de banheiros químicos em Guanambi, está sendo acusada de ter realizado um descarte ilegal de dejetos de fossas e banheiros químicos em lagoa, na saída para Palmas de Monte Alto. Segudno a empresa,  fato ocorreu no dia 07 de Fevereiro, no entanto a filmagem veio a tona somente no último fim de semana.

A denúncia foi executada pelo vice-prefeito da cidade, Hugo Costa. foi ele quem filmou o momento em que o caminhão da empresa descartava um líquido escuro e viscoso na lagoa.

O o vice-prefeito que acumula as secretarias de Indústria e Comércio e Planejamento disse que encaminhou as imagens para a Secretaria de Meio Ambiente e Ministério Público para que seja apurada a conduta da empresa. A SANSSET, entretanto, nega as acusações. Em nota, a empresa relata que estaria apenas testando um novo sistema de bomba de sucção a vácuo no local e que o vídeo gravado pelo vice-prefeito foi manipulado.

A destinação incorreta de resíduos como os de banheiros químicos pode acarretar vários riscos para a saúde. A legislação vigente, portanto, obriga as empresas do ramo de banheiros químicos que, a partir do ponto da utilização, um caminhão com uma bomba de sucção aspire os detritos, para depois transportá-los para estações de tratamento de esgoto.

Os efluentes sanitários dessa natureza, então, devem ser adequadamente encaminhados para tratamento, evitando que seu despejo irregular no ambiente acarrete uma série de problemas. O não tratamento do esgoto, seguido de descarte direto no meio, contribui para a proliferação de diversas doenças, promovendo ainda a degradação ambiental.

Segundo a PROBUS, associação ligada à comunidade acadêmica do curso de Direito da Universidade Estadual da Bahia (UESB),  a Sunsset protocolou notícia-crime na Polícia Civil contra o Vice-Prefeito pela publicação das imagens. A entidade afirmou em nota que irá acionar o Ministério Público Federal, Ministério Público Estadual e Polícia Federal para que esses fatos sejam rigorosamente apurados com responsabilização criminal e administrativa da empresa.

Secretária de Agricultura e Meio ambiente vai investigar o caso

Segundo o secretário Municipal de Agricultura e Meio Ambiente de Guanambi, Hélio Pereira da Silva, um procedimento investigativo foi instaurado para esclarecimento do caso.

A empresa acusada foi notificada pelo Departamento de Meio Ambiente e Recursos Hídricos da prefeitura. Nesta, é destinado um prazo de 48 horas para apresentação de defesa relativa a acusação de suposta prática de crime ambiental contida no vídeo da denúncia. “Após apuração realizada, caso comprovada a irregularidade, a empresa será multada com base na legislação vigente“, explicou o secretário municipal.

Veja nota da empresa:

- Advertisement -
- Advertisement -

Relacionadas

Deixe uma resposta

- Advertisement -

Mais Lidas

- Advertisement -