O boato de que um Leão teria matado 30 animais no município de Serrinha tomou conta dos principais noticiários da Bahia nesta segunda (01). A notícia relatava a fuga de um leão do caminhão do circo Picolino, o veículo teria quebrado no caminho para Senhor do Bonfim e o animal fugido pela mata.

As mortes de animais realmente aconteceram, ovelhas foram encontradas mortas em uma fazenda na zona rural do município, no entanto não se trata de ataque de Leão, provavelmente de cães, como acredita o dono da propriedade. A polícia não registrou nenhuma notificação de fuga de leão na região.

Outro equívoco da reportagem foi dizer que o animal pertence ao circo Picolino, pois este não utiliza animais e não faz viagens para o interior há pelo menos dois anos, funcionando em Salvador como escola circense. Também circulou áudios falsos atribuídos ao motorista do suposto caminhão e fotos de uma suçuarana ou onça parda, flagrada em uma rodovia de Santa Catarina em 2013.

Após a falsa notícia repercutir em todo o estado, o caso foi desmentido por uma policial de Serrinha. IBahia e Correio 24 Horas apagaram a publicação de seus sites, o Bahia Notícias que também havia publicado a existência do leão, esclareceu o equívoco no final do dia.

Os novos boatos que surgiram após a descoberta da farsa são de que um suposto “chupa-cabras” estaria atuando na região. 

A notícia Fake pegou de surpresa grandes veículos de comunicação de Salvador

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui