Reprodução
Anúncio

A partir deste sábado (5), o preço do gás vai aumentar, segundo anunciou publicado hoje (4) pela Petrobrás. O reajuste será de 6,9% sobre os preços do Gás Liquefeito de Petróleo (GLP), o gás de cozinha em botijões de uso doméstico. Em comunicado, a estatal afirmou que o aumento foi aplicado sobre os valores praticados sem incidência de tributos.

Segundo a estatal, o preço pode variar de acordo com cada distribuidora. Se o reajuste for integralmente repassado ao consumidor, a companhia estima que o preço do botijão de gás de 13 quilos, pode ser reajustado, em média, 2,2 por cento ou cerca de R$: 1,29 por botijão, mantidas as margens de distribuição e de revenda e as alíquotas de tributos.

“Como a lei brasileira garante liberdade de preços no mercado de combustíveis e derivados, as revisões feitas nas refinarias podem ou não se refletir no preço final ao consumidor. Isso dependerá de repasses feitos especialmente por distribuidoras e revendedores”, pontuou a Petrobras.

Por causa da nova política de preços adotada pela petroleira estatal, o preço do gás de cozinha é revisado todo mês. Em julho, a Petrobras reduziu o preço do gás em 4,5%, depois de um aumento de 6,7% no mês anterior. O preço médio do botijão no Brasil é de 57,46 reais, de acordo com a Agência Nacional do Petróleo (ANP).

Se você gosta do conteúdo da Agência Sertão, colabore para o aprimoramento do nosso Jornalismo a partir de R$ 10 por mês e seja um assinante - Saiba como!

 

Responder

Por favor, escreva seu comentário
Digite seu nome aqui