O Departamento de Polícia Técnica (DPT) liberou os restos mortais das três vítimas do acidente que aconteceu na noite da última segunda-feira (28) na BR-030 em Caetité. O médico Reginaldo Contrim, 37 anos, o servidor público Reynaldo Mosquera, 31 anos e a cantora Gislane Melo, 30 anos, serão velados a partir do início da tarde desta quarta-feira (30) no salão de velório da Funerária Pai Bahia, na rua Dr. Jose Humberto Nunes.

Os peritos do DPT identificaram os três corpos através da análise de características pessoais de cada uma das vítimas, mas a confirmação exata só saíra após exames de DNA. Por este motivo os corpos serão sepultados em uma única sepultura.

Reynaldo, Reginaldo e Lane retornavam de Vitória da Conquista quando o carro em que viajavam rodou na pista e bateu de frente com um caminhão carregado de torta de algodão, o acidente aconteceu na BR-030, em Caetité. Com o impacto da batida, os dois veículos pegaram fogo, o motorista e uma passageira do caminhão conseguiram sair antes que as chamas tomassem conta da cabine, os três ocupantes do veículo foram carbonizados.

A fatalidade causou muita comoção na cidade, as vítimas receberam centenas de homenagens nas redes sociais. Lane Melo cantava na banda de Dio do Acordeon e também seguia sua carreira solo na música, Reynaldo era funcionário da Receita Federal de Guanambi, já Reginaldo era médico e atuava em alguns municípios da região, por esse motivo, algumas prefeituras emitiram notas de pesar por sua morte.

O cortejo saíra às 16h da Pai Bahia e seguirá para missa de corpo presente na Igreja de Santa Rita. O enterro será logo em seguida no cemitério de Guanambi.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui