25.2 C
Guanambi
17.3 C
Vitória da Conquista

Pegada de 5,7 milhões de anos põe em dúvida local de origem humana

- -

Últimas Notícias

Tiago Marques
Tiago Marqueshttps://agenciasertao.com/
Tiago Marques é redator e editor do site Agência Sertão. Trabalha com produção de conteúdo noticioso para rádio e internet desde 2015.

Redação do Blog 

Pegadas de 5,7 milhões de anos foram descobertas na ilha de Creta, na Grécia. Após a descoberta, cientistas passaram a acreditar que os seres humanos podem ter se originado em outros continentes, não somente na África, incluindo até a Europa.

De acordo com a publicação de 'O Globo', a descoberta das pegadas antigas foi feita por Gerard Gierliński, do Instituto Polonês de Pesquisa em Varsóvia, que se encontra 2,5 mil quilômetros de distancia de Chade, Ilha se Trachilhos, próximo a Creta.

Gierliński e sua equipe se juntaram para analisar as descobertas, e compreenderam que existiam dois conjuntos diferentes de pegada, ambos aparentemente deixados por algum animal que andou com duas pernas. Foram analisadas muitas características da pegada, uma delas em particular os dedos. A pegada não tinha garras e tinha dedos internos que saíam além dos exteriores.

A pegada foi feita quando não existia o deserto do Saara e Creta não tinha se separado do continente grego. Essas informações ambientais torna mais fácil ver como esses primeiros hominins se dirigiram para a ilha.

 

Relacionadas

Deixe uma resposta

- -

Mais Lidas