Tiago Marques | Agência Sertão

FORTALEZA: Agrônomos de todo o país se encontram em Fortaleza de 12 a 15 de setembro para o XXX Congresso Brasileiro de Agronomia (CBA). O tema do evento deste ano é “Segurança hídrica – Um desafio para os Engenheiros Agrônomos do Brasil. A Confederação dos Engenheiros Agrônomos do Brasil (CONFAEB) e a Associação de Engenheiros Agrônomos do Ceará (AEAC) são responsáveis pela promoção do congresso.

A abertura do CBA contou com a presença do governador do estado do Ceará, Camilo Sobreira de Santana, em sua fala ele abordou o plano de sustentabilidade para desenvolvimento do estado. Segundo os dados de gerenciamento hídrico apresentados pelo governador, há seis anos o estado enfrenta baixa disponibilidade de água nos reservatórios. O governador anunciou que o estado irá construir a maior usina de dessalinização do mundo.

A Confederação dos Engenheiros Agrônomos do Brasil (CONFAEB) realizou a entrega de homenagens e da medalha Guimarães Duque, homenagem pelos 90 anos da instituição concedida a profissionais e empresas que se destacaram na atividade agronômica no estado do Ceará. O governador Camilo Santana foi um dos homenageados. O anfitrião do evento é engenheiro agrônomo, único profissional da categoria a governar um dos estados da federação.

Está a segunda vez que o Ceará sedia o CBA, a primeira vez foi há 46 anos. Os debates e as discussões técnicas nos quatro dias de evento visam contribuir para o crescimento da agronomia e o fortalecimento técnico, político e administrativo da profissão.

Guanambi

Uma comitiva de estudantes do curso de engenharia agronômica do Instituto Federal Baiano – Campus Guanambi participa do evento em Fortaleza. Os futuros agrônomos apresentarão trabalhos científicos desenvolvidos na instituição em diversas áreas da agronomia.

Responder

Por favor, escreva seu comentário
Digite seu nome aqui