Produtores, estudantes, pesquisadores e extensionistas lotaram o auditório da EPAMIG para o Lançamento do Informe Agropecuário

Tiago Marques | Agência Sertão

NOVA PORTEIRINHA: A Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig) lançou nesta quarta-feira (20), o Informe Agropecuário sobre Cultivo e Utilização de Palma Forrageira. Está é a 296ª edição do periódico que circula bimestralmente há mais de 40 anos, com o intuito de levar informações técnicas em todas as áreas da agropecuária.

O lançamento aconteceu na sede da unidade da Epamig em Nova Porteirinha, Norte de Minas Gerais. Cerca de 200 produtores rurais, pesquisadores e estudantes participaram da cerimônia de lançamento e do seminário com o mesmo tema do Informe.

Grande parte dos artigos publicados no Informe Agropecuário são fruto de pesquisas realizadas no Instituto Federal Baiano – Campus Guanambi. Pesquisadores da Epamig, Universidade Estadual do Sudoeste Baiano (UESB), Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes), Universidade Federal do Recôncavo Baiano (UFRB) e Emater/MG também contribuíram com a publicação. As pesquisadoras da Epamig Maria Geralda Vilela Rodrigues e Ariane Castricini e o professor do IF Baiano Sérgio Luiz Rodrigues Donato assinam a edição técnica do Informe.

Os Professores Paulo Emílio Donato, João Abel Cotrim. Sérgio Donato (IF Baiano) e Fabiano Ferreira da Silva (UESB) palestraram no lançamento do Informe

As palestras do seminário abordaram temas como o Planejamento e Implantação do Palmal (Prof. Paulo Emílio Donato – IF Baiano), Manejo Cultural e Colheita (Prof. João Abel Cotrim – IF Baiano), Diagnóstico Nutricional, Recomendação e Manejo de Adubação (Prof. Sérgio Donato – IF Baiano) e Uso da Palma Forrageira na Alimentação Animal (Prof. Fabiano Ferreira da Silva – UESB). Mesas-redondas debateram os temas.

Se você gosta do conteúdo da Agência Sertão, colabore para o aprimoramento do nosso Jornalismo a partir de R$ 10 por mês e seja um assinante - Saiba como!

 

O presidente da Epamig, Rui da Silva Verneque, ressaltou a importância do informe na difusão do conhecimento e destacou a parceria com o IF Baiano na elaboração da publicação. “O Informe Agropecuário se destaca pela abordagem de fácil acesso, todas as edições se esgotam rapidamente. Nesta edição contamos com o expressivo apoio do IF Baiano – Campus Guanambi, há vinte anos a instituição atua como parceira da Epamig na pesquisa e na difusão do conhecimento”, disse o presidente.

Rui da Silva Verneque, presidente da EPAMIG, ressaltou a parceria com o IF Baiano

O evento de lançamento do Informe contou com a presença de representes da Embrapa Milho e Sorgo, Emater/MG, Anater (Agência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural), Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), Unimontes, IF Norte de Minas, sindicatos rurais. secretarias municipais de agricultura, entre outros.

O IF Baiano, Campus Guanambi, foi homenageado pela Epamig pelos 20 anos de parceria em pesquisas e difusão de conhecimento. O professor Sérgio Donato recebeu uma placa comemorativa das mãos da pesquisadora Maria Geralda Vilela Rodrigues.

A revista pode ser adquirida pelo site www.informeagropecuario.com.br ou por meio da divisão de Promoção e Distribuição da Informação Tecnológica. Informações: (31) 3489-5002 ou  [email protected]

Palmas para Minas

Durante o lançamento do Informe aconteceu a assinatura do termo de cooperação técnica institucional do programa “Palmas para Minas”. Quinze instituições se comprometeram a realizar ações conjuntas na difusão do conhecimento sobre o cultivo da palma forrageira.

Entre as ações do programa foi lançada a Rede Palma, grupo criado para fomentar o diálogo e a articulação entre instituições de desenvolvimento regional, universidades, pesquisadores e membros da iniciativa privada para analisar cenários, propor ações e consolidar as potencialidades da palma no semiárido brasileiro. Na primeira etapa do projeto, foram selecionados 10 municípios do Norte e Vale do Jequitinhonha para receberem mudas de palmas provenientes da EPAMIG. Participam os municípios de Olhos d’água, Botumirim, Francisco Sá, Jequitinhonha, Matias Cardoso, Montezuma, Janaúba, Gameleiras, Monte Azul, Santo Antônio do Retiro.

Responder

Por favor, escreva seu comentário
Digite seu nome aqui