Foto: Reprodução

Redação da Agência 

Uma startup sediada em Israel chamada Corephotonics acusa a Apple de ter aplicado sem permissão a sua tecnologia de câmera dupla no iPhone 7 Plus e iPhone 8 Plus.

De acordo com Notícias ao minuto, segundo o processo submetido pela Corephotonics, as empresas estiveram em contato. “Foi dito [ao CEO da Corephotonics] que mesmo que a Apple violasse a patente, levaria anos e milhões de dólares de litígio antes que a Apple possa ter de pagar alguma coisa”, consta no processo.

O caso ainda está sob investigação. O o iPhone 7 Plus foi o primeiro smartphone da empresa a ter este tipo de câmera, colocando a Apple em “pé de igualdade” com outras fabricantes de dispositivos móveis como a Huawei.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui