Agência Sertão

Da Redação da Agência Sertão

Foi inaugurado na tarde desta quinta-feira (23) em Guanambi, o Centro Integrado de Comunicação (Cicom). A inauguração teve a  participação  do Governador Rui Costa, do prefeito Jairo Magalhães,  do Sub-secretário de Segurança Pública, Ari pereira, do Subcomandante Geral da Polícia Militar da Bahia Coronel Reis, do Delegado Geral da Polícia Civi da Bahia Bernardino Brito, e  do Coronel Lira,  do Comando de Policiamento da Região Sudoeste da Bahia (CPRSO). O Tenente Coronel Marcelo Pinto está em viagem e foi representado pelo sub-comandante do 17ºBPM, Major Suarez.

O Cicom vai abrigar a central de atendimento do 190, todas as ligações provenientes dos 18 municípios que formam o 17º Batalhão de Polícia Militar de Guanambi e da 94º Companhia Independente de Polícia Militar de Caetité. Os policias que fizerem os atendimentos irão repassar as demandas para as viaturas mais próximas. Foram investidos cerca de R$ 1,6 milhões em tecnologia para montar o Cicom em Guanambi. A Central também receberá as imagens das câmeras de monitoramento instaladas na cidade.

Bernadino Brito, Delegado Geral da Polícia Civil

A policia civil  não vai integra o Cicom devido á carência de servidores, explica o Delegado Geral da Polícia Civil, Bernadino Brito. “A Polícia Civil não terá atendimento na Cicom neste início de operação, devido à falta de servidores. A Polícia Civil de Guanambi tem uma grande demanda de policias, pois atua na custodia dos presos, mesmo não sendo a obrigação, mas temos esse compromisso há algum tempo, são atualmente 146 presos custodiados na cadeia pública, quase um mini-presídio. Então hoje não temos um efetivo que possa atuar no Cincom”, explica o delegado geral. Ele ressalta que o governador anunciou concurso para a classe, e a partir da efetivação dos novos servidores, a 22ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin) poderá  contribuir no Cicom. O governador já anunciou o concurso da policia civil que ofertará vagas a toda Bahia e  inclusive para Guanambi”, disse o delegado geral.

Mesmo fora do Cicom, o número 197, disque denúncia da Polícia Civil, continuará funcionando normalmente.

Se você gosta do conteúdo da Agência Sertão, colabore para o aprimoramento do nosso Jornalismo a partir de R$ 10 por mês e seja um assinante - Saiba como!

 

Responder

Por favor, escreva seu comentário
Digite seu nome aqui