Professores das redes municipais de Guanambi e Pindaí realizam protestos nesta semana. Os docentes das duas redes cobram o repasse do reajuste de 6,81% no Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). 

Em Guanambi os professores realizaram um ato no centro da cidade na manhã da última terça-feira (24). Eles realizaram panfletagem pelas ruas e uma assembleia na Praça Gercino Coelho. Além de cobrarem o repasse do Fundeb, os manifestantes cobram o pagamento de incentivo à titulação, liberação de licenças-prêmio dentro dos critérios, realização de avaliações de desempenho, pagamento de incentivo para profissionais que atuam com alunos com necessidades especias e incentivo à produção científica. As aulas foram suspensas em todas as escolas no dia da manifestação.

Em Pindaí, professores ocuparam a sede da prefeitura na manhã desta quinta-feira (26) e realizaram uma caminhada pelas ruas da cidade, cobrando o repasse do índice do Fundeb  para a categoria. Eles também reivindicaram melhores condições de trabalho e denunciaram falta de merenda nas escolas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui