Reprodução
Anúncio

Um avião da Gol Linhas Aéreas fez uma manobra emergencial e deixou dois comissários e alguns passageiros feridos na madrugada da última segunda-feira (9). No momento da manobra o avião estava passando pelo espaço aéreo da cidade de Caculé.

O médico Thiago Gomes, que foi passageiro do avião relatou ao G1, que o piloto afirmou que a manobra foi feita “por causa de outro avião que estava em altitude muito próxima”.

A Gol nega tal afirmação, e confirma apenas que dois comissários ficaram feridos com a turbulência. Segundo a companhia, “devido à turbulência, o voo G3 9126, que partiu de Confins [Belo Horizonte] com destino à Fortaleza, precisou retornar à cidade de origem nesta madrugada”.

A empresa ressaltou que prestou toda assistência necessária aos clientes. Com a equipe ferida e sem condições para prosseguir o voo, a aeronave, que saía de Belo Horizonte com destino a Fortaleza, retornou ao local de origem. Os passageiros foram hospedados em um hotel até a saída do voo seguinte.

 

Anúncio

Deixe uma resposta