21 C
Guanambi
16.5 C
Vitória da Conquista

Mais de 100 tartarugas foram encontradas mortas em 2018 na Bahia

Esse número é referente apenas as praias do sul

9,097FãsCurtir
15,413SeguidoresSeguir
261SeguidoresSeguir
823InscritosInscrever

Últimas Notícias

Mais Lidas

Advertisement

Em 2018 já foram registradas mais de 100 mortes de tartarugas, nas praias do sul da Bahia, segundo o Projeto Tamar.

De acordo com a entidade, que atua na proteção de tartarugas, as causas mais comuns das mortes dos bichos são a ingestão de lixo e a captura acidental em redes de pesca.
Segundo a bióloga Stella Tomás, o número de tartarugas mortas tende a aumentar nessa época do ano, devido ao período de reprodução. “Agora em setembro já começa o período reprodutivo delas, e em outubro elas começam a subir para desovar e ficam mais próximas do litoral. Então o risco aumenta, tanto com a questão de ingestão de lixo, como de captura acidental nas redes”, explica.
De acordo com o G1, a bióloga destaca que, caso uma pessoa encontre uma tartaruga na praia, viva ou morta, ela deve entrar em contato com o Projeto Tamar.
“E se ela estiver viva, não pega o animal e solta diretamente no mar, porque às vezes é uma fêmea que está subindo para reproduzir. E aí você está interrompendo o ciclo, o que pode trazer problemas”, acrescenta.

- Advertisement -
Bahia Mais de 100 tartarugas foram encontradas mortas em 2018 na Bahia

Deixe uma resposta

Relacionadas