Reprodução / Folha-Uol

Tiago Marques | Agência Sertão

Os dois protagonistas das eleições de 2014 disputaram as eleições de 2018 por Minais Gerais. A ex-presidente Dilma Rousseff (PT) perdeu a disputa ao senado, mesmo liderando as pesquisas de intenção de votos. Já Aécio Neves (PSDB), foi eleito para o cargo de deputado federal.

Dilma teve 54,5 milhões de votos em 2014, sendo reeleita presidente e sofrido impeachment um ano e meio após o início do segundo mandato. Na disputa ao Senado por Minas, a ex-presidente ficou em quarto lugar, com 15,35% (2.709.223 votos). Dilma ficou atrás de Rodrigo Pacheco (Dem), com 20,49%, do jornalista Carlos Viana (PHS), com 20,22%, e de Dinis Pinheiro (SD), com 18,42%.

Aécio Neves usou uma estratégia para garantir um mandato no ano que vem. Com 106.702 votos, ele foi eleito deputado federal, cargo que já ocupou entre os anos de 1987 e 2002, tendo sido inclusive presidente da Casa. Aécio estava ao fim de seu primeiro mandato de senador, após ter sido governador de Minas por dois mandatos.

Na disputa pelo Governo do Estado, o PT ficou de fora do segundo turno. Romeu Zema (Novo) teve 42,73%, ele vai enfrentar Antônio Anastasia (PSDB) que teve 29,06% dos votos. Fernando Pimentel (PT) ficou em terceiro com 23,12% e vai deixar o Palácio da Liberdade no fim do ano.

Responder

Por favor, escreva seu comentário
Digite seu nome aqui