Reprodução

Conforme adiantado pela Agência Sertão, o Colégio Estadual Idalice Nunes vai entrar no processo de reordenamento executado pela Secretaria de Educação da Bahia e deve ser inativado nos próximos anos. Na última segunda-feira (26), foi iniciado o período de renovação de matrícula e a instituição não oferece mais o ingresso ao 6ª ano do ensino fundamental e nem para o 1º ano do ensino médio.

A maioria das turmas da Educação de adultos (EJA) também não serão mais fornecida pela escola, entre elas o 5º e 6º e o 1º e 2º . O argumento para essa mudança, segundo a Secretaria de Educação, são as quedas frequentes dos números de alunos.

A expectativa é que os alunos do ensino fundamental sejam matriculados da rede municipal e o do ensino médio no colégio Colégio Luiz Viana, a escola está abrindo novas turmas.

Para a inativação do ensino fundamental na rede estadual, a Secretaria de Educação alega que o objetivo foi traçado atendendo às disposições da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Brasileira (LDB nº 9.394/96), que estende aos municípios a responsabilidade pela gestão do Ensino Fundamental e aos estados a responsabilidade pela gestão do Ensino Médio.

Nos últimos anos, este é o terceiro colégio estadual que entra em processo de inativação, o primeiro foi o Colégio Monteiro Lobato e o último o Colégio Gercino Coelho. Os prédios dos dois colégios encontram-se inutilizados.

Se você gosta do conteúdo da Agência Sertão, colabore para o aprimoramento do nosso Jornalismo a partir de R$ 10 por mês e seja um assinante - Saiba como!

 

Responder

Por favor, escreva seu comentário
Digite seu nome aqui