Reprodução

O Governo Federal liberou nesta segunda-feira (11), a primeira parcela do programa Garantia Safra para a cidade de Guanambi e Caetité. Todos os agricultores cadastrados e regulares receberão R$850, divididos em 5 parcelas, das quais serão definidas previamente pela Caixa Econômica Federal.

De acordo com Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente de Guanambi, a parcela referente ao mês de março será liberada nos próximos dias, junto ao pagamento de outros programas sociais.

Este ano, o cronograma de pagamento foi atrasado devido às mudanças no governo e órgãos como o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), responsável por fornecer os dados meteorológicos que baseiam a concessão do seguro.

O auxilio é uma ação do Programa Nacional de Fortalecimento de Agricultura Familiar (Pronaf) e tem como principal público as famílias que residem em  municípios sujeitos as perdas de safras devido à seca ou ao excesso de chuvas. Sendo assim, os agricultores de Guanambi e região que perderam pelo menos 50% da safra devido a seca tem direito ao beneficio.

Em Guanambi, segundo a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, são mais de 2 mil  famílias que necessitam deste auxílio para arcar com os prejuízos nas colheitas. O seguro é custeado pela União, estados, municípios e pelo próprio agricultor.

Se você gosta do conteúdo da Agência Sertão, colabore para o aprimoramento do nosso Jornalismo a partir de R$ 10 por mês e seja um assinante - Saiba como!

 

O pagamento do Garantia-safra  na maioria das vezes é depositado diretamente na conta do contemplado, e pode ser sacado com o cartão Cidadão ou com o cartão do Bolsa Família. Caso o beneficiado não tem esta duas opções de cartões, a Caixa Econômica Federal esclarece que com a guia de pagamento do boleto e um documento com foto consegue sacar o benefício.

Responder

Por favor, escreva seu comentário
Digite seu nome aqui