Em nota emitida na noite desta segunda-feira (25), a diretoria de Comunicação da Prefeitura de Guanambi classificou como ‘fake news’ a denúncia publicada pelo vereador Edileno Oliveira (Dem), sobre suposto mal uso de dinheiro público na contratação de caminhões pipa. “A denúncia do vereador não passa de uma fake news, sem a menor relação com a verdade, que no desespero de alcançar o bom trabalho desenvolvido por um gestor sério e honesto, deforma completamente a realidade dos fatos”, diz o primeiro ponto da nota.

O vereador publicou em suas redes sociais um vídeo onde diz que um caminhão pipa, contratado pela prefeitura de Guanambi, estaria consumindo combustível sem estar se quer equipado com o tanque para transporte de água.

O caminhão Mercedes 1113, ano 1982, está alugado para a prefeitura de Guanambi ao custo mensal de R$ 4.562,30, incluindo as despesas com o salário do motorista e a manutenção do veículo, ficando a prefeitura obrigada a fornecer o combustível. A prefeitura no entanto diz que “o veículo em questão já se encontrava com os serviços suspensos para os devidos reparos, cujas despesas, por força de cláusulas contratuais, correm por conta de seu proprietário, e não há registro de qualquer pagamento desde o início dos referidos reparos, a partir da retirada do tanque do caminhão pipa”, afirma a nota.

De fato, embora exista um empenho no valor de R$ 20.000,00, datado de 2 de janeiro de 2019, não constam pagamentos pela locação no ano de 2019. A informação foi confirmada após consulta realizada no portal da transparência do Município.

A prefeitura não esclareceu no entanto, os dados de consumo de combustível disponíveis no sistema do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM). O vereador constatou que houve lançamentos que somam 1190 litros de óleo diesel, no valor de R$ 4.641,00, nos meses de janeiro e fevereiro deste ano.  A prefeitura também não informou quando os serviços foram suspensos.

Se você gosta do conteúdo da Agência Sertão, colabore para o aprimoramento do nosso Jornalismo a partir de R$ 10 por mês e seja um assinante - Saiba como!

 
Tela capturada no sistema Siga – aberto aos vereadores para consulta

Na nota, a Assessoria de Comunicação informou que as contratações da Prefeitura de Guanambi cumprem os requisitos legais e que a ética é marca da gestão. A prefeitura informou ainda que uma nova licitação de contratação de caminhões pipa para atender a comunidades rurais está sendo preparada.

Por fim, a nota afirma que o vereador Edileno será processado pela prefeitura. “Esta administração, que sempre pautou pelos princípios da ética e da responsabilidade no trato da coisa pública, coloca-se, como sempre fez, a inteira disposição dos que prezam pela verdade e pela justiça, e comunica que adotará as medidas legais cabíveis a fim de punir a
mentira e a calúnia”, conclui a nota.

O vídeo publicado pelo vereador viralizou nas redes sociais e repercutiu também na imprensa regional.

Veja a íntegra da nota da Prefeitura de Guanambi

Responder

Por favor, escreva seu comentário
Digite seu nome aqui