Foto: PM de Correntina/Divulgação

Áudios compartilhados no aplicativo WhatsApp na manhã de segunda-feira (1º), assustou profissionais e alunos das escolas da rede municipal de ensino em Correntina.

Em um dos áudios compartilhado no aplicativo, uma das vozes afirmava que escolas seriam invadidas. “A partir desta quarta-feira, Catulé, Prainha e Roda Velha, vamos quebrar tudo. Silvânia vamos arregaçar e matar todo mundo. Policinha não poderá fazer nada. E quando vocês menos esperar a gente pula para dentro das escolas. Tá ligado!”, completa o áudio.

Diante da gravidade da situação, os representantes da área de segurança realizaram uma reunião emergencial, na manhã desta terça-feira (02). Participaram do encontro os delegados Alexandre Haas Pinheiro, Marcelo Reis, procurador Vanilton Barbosa Lopes, secretário de Educação, Joselita Neves Moura, secretário Muniplam de Segurança Pública, Bitlane Rocha Santos e diretores.

De acordo com os representantes da segurança em Correntina, os policiais intensificarão ações na sede e zona rural. “Os moradores não precisam entrar em pânico, tudo não passou de uma notícia falsa compartilhada por pessoas sem compromisso”, disse Alexandre Haas Pinheiro. Informações do Folha do Vale.

Responder

Por favor, escreva seu comentário
Digite seu nome aqui